quarta, 21 de fevereiro de 2024

Atividades religiosas são consideradas essenciais no Plano SP

Decreto foi assinado nesta segunda-feira, 1º de março, e será publicado amanhã, terça-feira, no Diário Oficial do Estado

 

Marcília Estefani

 

Ao lado de deputados federais e estaduais de SP que fazem parte das Frentes Parlamentares Evangélicas, de representantes da Igreja Católica e de outras religiões, o Governador João Doria assinou decreto que passa a considerar como essenciais as atividades religiosas de qualquer natureza, obedecidas as determinações sanitárias e protocolos de saúde, liberando-as também na fase vermelha

O Decreto será publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo na terça-feira, 2 de março, quando entra em vigor.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.