sábado, 20 de abril de 2024

Batida frontal entre caminhonete e carro mata jovem em Echaporã

Vítima de 22 anos, que teve carro atingido, foi identificada como Catarina Mercadante

 

Da redação

 

Uma jovem de 22 anos morreu após batida frontal entre uma caminhonete e o carro que ela dirigia na noite deste domingo (29), na Rodovia Rashid Rayes (SP-333), em Echaporã, entre Assis e Marília (SP).

A vítima foi identificada como Catarina Torres Mercadante Leite do Canto. Já o motorista da caminhonete, Luís Paulo Machado de Almeida, de 20 anos, disse em depoimento que cochilou ao volante e invadiu a pista contrária, provocando o acidente, conforme registro policial.

 

Catarina Mercadante teve seu carro atingido de frente por caminhonete em Echaporã (SP) — Foto: Arquivo pessoal

 

O trecho, que está em obras, é de pista simples em ambos os sentidos, com faixa contínua, ou seja, em que há proibição para ultrapassagem, segundo o boletim de ocorrência.

A Polícia Rodoviária foi chamada até o quilômetro 365 da rodovia, por volta das 19h30, no sentido de Assis para Marília. A equipe que foi mobilizada encontrou os veículos batidos de frente no acostamento da estrada.

Equipes de resgate e de sinalização da concessionária responsável pela pista já estavam no local e o óbito de Catarina foi confirmada ali mesmo. O corpo dela ficou preso às ferragens, ainda segundo o documento policial.

Luís Paulo, que viajava na companhia de um funcionário, relatou que estava cansado no momento do acidente, pois vinha direto, sem paradas, de Guará (SP) com destino a Londrina (PR). Ele testou negativo para a ingestão de bebida alcóolica, também de acordo com o boletim.

O funcionário de Luís Paulo confirmou que viu ele invadir a pista contrária e atingir o veículo dirigido por Catarina. Ambos foram levados ao Hospital das Clínicas de Marília para atendimento médico, segundo o registro policial.

Outro motorista disse ter visto o acidente e relatou que Luís Paulo dirigia em alta velocidade e fez ultrapassagens proibidas, inclusive de seu veículo.

O local do acidente foi periciado e os veículos recolhidos ao pátio da Polícia Rodoviária. O caso, registrado como homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, será investigado pela Polícia Civil.

O velório de Catarina teve início às 9h00 da manhã desta segunda-feira, 30/1, no Centro Funerário São Vicente Prever em Assis. O sepultamento está marcado para às 14h00 no cemitério municipal.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.