sexta, 19 de abril de 2024

Cachorro que ‘perseguiu’ tutora enquanto ela tentava abandoná-lo consegue novo lar: ‘Parte da família

Câmeras de segurança flagraram o momento em que a pequena Lola, que tinha três meses na época, foi abandonada e perseguiu a antiga tutora. Caso ocorreu em Garça (SP).

Da redação

O cachorro que foi flagrado perseguindo a tutora enquanto ela tentava abandoná-lo está totalmente adaptado ao novo lar e já é “parte da família”, segundo os novos tutores. O caso foi registrado em março deste ano, em Garça (SP).

De acordo com a estudante Heloísa Paolillo Alves Ribeiro, tutora do animal, Lola é uma cadela “dócil e brincalhona”. Ela foi adotada depois que o vídeo, no qual os antigos tutores tentam abandoná-la, comoveu a família de Heloísa.

“Quando mostrei os vídeos do abandono da Lola, imediatamente meu avô disse: ‘Vamos buscá-la’. E então partimos para Garça, que fica próximo a nossa cidade”, relembra Heloísa, que mora em Marília (SP), município a cerca de 30 quilômetros de distância.

Nas imagens do abandono, um casal chega de moto, e a mulher na garupa desce do veículo. Ela pega com o piloto uma sacola, com o animal dentro, e vai até a frente de uma residência para deixá-lo na calçada. No entanto, antes de o casal ir embora, o cachorro segue a mulher. (Veja abaixo)

Para Heloísa, a situação expõe a irresponsabilidade de muitos na hora de levar um pet para casa. “Sabemos que o abandono de animais é crime, porém infelizmente todos os dias vemos isso acontecer. O pior é que os animais não sabem dizer se estão com frio, fome ou medo”, pontua.

Na época, Lola tinha aproximadamente três meses de vida. A mulher, que aparece nas imagens das câmeras de segurança, teria entrado em contato com uma pessoa que estava doando filhotes que teriam sido resgatados.

Cerca de um mês depois da adoção, a mulher tentou “devolver” Lola para a pessoa com quem ela adotou, abandonando o animal na calçada da residência dela. Cinco meses depois, Heloísa acredita que o trauma do abandono foi parcialmente superado pela nova membro da família.

“Ela chegou um pouco assustada ao adentrar a casa e conhecer o espaço, mas com amor, carinho e cuidado, se adaptou rápido. Lola é a alegria da casa, trouxe vida e animação aos meus avós. Devido à sua idade, ela é bem arteira, agitada e adora correr pelo quintal e pela casa. Ela tem muita energia, o que é próprio dos filhotes. Já é parte da família”, comenta Heloísa.

Com Lola “totalmente adaptada” à nova família, Heloísa pontua que o próximo passo é a manutenção dos cuidados com a saúde dela, incluindo a castração do animal.

“Ela conta com rotina de alimentação saudável específica para cachorro, tem o quadro vacinal completo, adora tomar banho. Adora passear diariamente na pracinha. Lola é muito sociável e tem vários amigos no bairro e adora brincar com eles. O nosso próximo passo é a castração dela para que se desenvolva com saúde”, diz a tutora.

(Com informações do Portal G1)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.