quinta, 13 de junho de 2024

Cada brasileiro já pagou R$ 5 mil em impostos somente este ano

Da redação

Uma mobilização liderada pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) está chamando atenção para a marca de R$ 1 trilhão do Impostômetro que foi alcançada nesta segunda-feira, 29, e se refere ao total de tributos arrecadados em todo o País nas três esferas de governo. No ano passado, este valor foi registrado somente no dia 10 de julho, mostrando – mais uma vez – como é alta a tributação. 

Segundo o presidente do Sincomércio de Ourinhos, Fred Correa Leite, esses tributos arrecadados vêm do bolso de todos os brasileiros, de todas as partes do país. “Precisamos nos unir nesta luta por uma tributação mais justa”, avaliou Fred, que também é diretor da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos. 

O Impostômetro fica instalado na sede da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), no centro da capital paulista. O painel registra em tempo real a arrecadação total de impostos, taxas e contribuições, evidenciando o quanto a população paga de tributos sobre o consumo, o patrimônio e a renda. 

Essa transparência, segundo Fred, é essencial para que a população se conscientize da importância de cobrar dos governantes a melhor administração dos recursos públicos. “Infelizmente não vemos todo esse recurso ser revertido em benefícios para a população e mal sabemos onde estão sendo aplicados”.

De acordo com estudo elaborado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) para a marca de R$1 trilhão do Impostômetro, esse valor é suficiente para construir mais de 45 milhões de casas populares de 40 m², implantar 80 milhões de salas de aula equipadas, asfaltar mais de 900 mil quilômetros de estradas ou garantir o fornecimento de medicamentos à população brasileira por mais de 400 meses.

A pesquisa informa que o Impostômetro tem registrado recordes sucessivos de arrecadação tributária na última década. E revela que a média de arrecadação diária totaliza R$ 5,55 bilhões, sendo que por segundo é arrecadado o valor de R$ 64.300,41. Até 29 de junho de 2015, cada brasileiro já pagou R$ 4.980,50 em tributos. Até o final do ano, cada cidadão terá pago aproximadamente R$ 10.298,50.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.