quinta, 29 de fevereiro de 2024

Comércio ourinhense reage com venda de presentes para o Dia dos Pais

“O potencial do Comércio de Ourinhos é muito grande, acreditamos que vamos retomar nossos níveis anteriores de vendas rapidamente”, aposta Robson Martuchi

 

Da redação

 

A terceira data promocional do ano mais representativa em vendas para o comércio, na opinião dos próprios comerciantes, é o Dia dos Pais, depois de Natal e Dia das Mães. Em plena pandemia, com lojas operando ainda com restrições impostas pelas normas de combate ao novo coronavírus, a opinião geral do comércio de Ourinhos é de que o movimento foi satisfatório. “O comércio é o coração da economia de uma cidade, não é atoa que é o setor que mais gera empregos em Ourinhos. Tem potencial para enfrentar as situações mais adversas. Aredito que vamos retomar nossos níveis anteriores de vendas rapidamente”, ponderou o presidente da ACE, Robson Martuchi.

De acordo com uma sondagem realizada por telefone pela ACE junto a diversos lojistas, as vendas nas vésperas do Dia dos Pais tiveram avaliações informais que variaram entre o “ótimas” e “excelentes”. Segundo alguns, o aquecimento nas vendas não foi só em função da data comemorativa, outros itens não relacionados ao público masculino também tiveram boa saída.

 

 

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, o comércio pôde retomar o acordo coletivo de trabalho com o Sindicato dos Comerciários e funcionar no sábado até as 17 horas. “Conseguimos essa autorização com a Prefeitura Municipal, isso ajudou também para que as pessoas tivessem mais tempo para suas compras, além de inibir a evasão de consumidores para outras cidades”, avaliou Robson Martuchi.

A próxima data promocional no calendário do comércio será o Dia das Crianças, embora a ACE aposte numa evolução consistente das vendas até essa data.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.