quarta, 12 de junho de 2024

Curta Ourinhos leva cinema aos reeducandos do Centro de Ressocialização na quinta-feira, 17 de março

Da redação

A noite da última quinta-feira, 17, teve um sabor especial aos 80 (oitenta) reeducandos do regime fechado do Centro de Ressocialização de Ourinhos, pois puderam assistir a três filmes selecionados pelo evento 10º Curta Ourinhos.

O evento, promovido pela Secretaria de Cultura do município, foi realizado de 14 a 20 de março e apresentou 34 filmes, além de oficinas com produtores de cinema, espetáculo musical e premiação aos melhores colocados.

Os filmes escolhidos para serem apresentados aos reeducandos foram: “A Culpa é do Neymar”, “Marco Zero do Hip-Hop” e “Até a China”.

Foi uma experiência diferente para os presos que sempre estão trancados em suas celas no período noturno, pois além do acesso a um pouco mais de conhecimento e cultura, puderam observar as estrelas e o céu livres de qualquer grade.

Cerimônia de encerramento – O encerramento da 10ª Edição do Curta Ourinhos aconteceu no sábado, 19. Após a exibição dos filmes foi realizada a cerimônia de premiação dos melhores Curtas de cada categoria. O evento foi realizado no Teatro Municipal Miguel Cury, às 20h30. Foram inscritos 217 filmes de vários estados do país nas categorias de ficção, documentário e animação. Foram exibidos gratuitamente 34 filmes. 

Além dos filmes, o Curta também ofereceu três oficinas com nomes renomados do cinema brasileiro. As oficinas oferecidas foram de produção cinematográfica usando câmera de telefone celular, prática de crítica cinematográfica, sobre cinema de ficção científica.

Os vencedores do evento: Categoria animação: O Quebra Cabeça de Tarik (dir: Maria Leite); Categoria documentário: O Nadador – A História de Tetsuo Okamoto (dir: Rodrigo Grota); Categoria ficção: Bartleby (dir: Rafael Lobo).

Cada um dos filmes foi premiado com o Troféu Jaracatiá e R$ 3.000 em dinheiro.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.