quarta, 21 de fevereiro de 2024

Desde a terça-feira, 1º de dezembro, pedágios na região de Ourinhos operam com preços reajustados

O reajuste é geralmente aplicado no meio do ano, mas por conta da pandemia foi adiado

 

Da redação

 

Desde a terça-feira, 1º de dezembro, praças de pedágio das rodovias paulistas operam com reajuste de cerca de 3,13%. A mudança nos preços foi adiada neste ano, de acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), em função da crise gerada pela pandemia de coronavírus.

 

 

Nas rodovias do centro-oeste paulista o aumento nos preços nos ficou em torno de R$ 0,10 a mais nas tarifas.

O reajuste é previsto no contrato do Programa de Concessões Rodoviárias, que contempla 20 concessionárias, sendo que cinco delas atravessam a região.

As concessionárias das rodovias paulistas são consideradas serviços essenciais e mantiveram as atividades no período de isolamento social. Obras, manutenção e prestação de socorro e distribuição de kits de higiene e alimentação seguiram inalterados durante a quarentena. Fique por dentro dos novos preços dos pedágios:

 

RODOVIA CASTELLO BRANCO

Itatinga (km 208): R$ 13,60 para R$ 13,90

 

RODOVIA ORLANDO QUAGLIATO

Ourinhos (km 014): R$ 7,40 para R$ 7,50

 

RODOVIA MARECHAL RONDON

Botucatu (km 259): R$ 5,50 para R$ 5,60

Agudos (km 314): R$ 6,00 para R$ 6,10

Promissão (km 455): R$ 6,40 para R$ 6,50

 

RODOVIA RAPOSO TAVARES

Palmital (km 413) : R$ 8,70 para R$ 8,90

Assis (km 453): R$ 9,10 para R$ 9,30

 

RODOVIA DONA LEONOR MENDES DE BARROS

Marília (km 315): R$ 7,60 para R$ 7,70

Pongaí (km 234): R$ 7 ,90 para R$ 8,00

 

(Imagem: Divulgação Internet)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.