terça, 23 de abril de 2024

Dicas para consumidores comprarem online com segurança

Com o foco no consumidor, Rodrigo Garcia diretor da Petina Soluções comenta sobre dicas para fazer suas compras online com segurança

 

Luisa Vieira

 

O Dia das Crianças está se aproximando, está é época perfeita para criar memórias especiais com os pequenos que iluminam nossas vidas. Com o grande crescimento de marketplaces, as compras online vêm ficando cada vez mais populares. O e-commerce pode representar mais de 40% das vendas no Dia das Crianças neste ano, segundo a pesquisa da ABComm.

Esse grande crescimento dos comércios onlines se dá por conta de grandes vantagens, como: a conveniência de encontrar uma variedade de produtos em um só lugar e a possibilidade de comparar preços entre diferentes vendedores. Com cuidado e pesquisa adequados, é possível fazer compras seguras e satisfatórias em marketplaces.

“Comprar em mercados online oferece a conveniência de encontrar uma variedade de produtos, comparar preços, ler avaliações de outros compradores e fazer compras a qualquer hora e em qualquer lugar. É como ter um shopping center global na ponta dos seus dedos”, conta Rodrigo Garcia, diretor da Petina Soluções.

Sabemos que cada criança é única, com gostos e interesses diferentes. É por isso que os marketplaces oferecem uma variedade incrível de opções para atender a todas as idades, personalidades e paixões. Desde brinquedos educacionais e jogos interativos até roupas da moda e produtos tecnológicos, tudo o que você precisa para surpreender seus filhos neste Dia das Crianças.

Tendo em vista o entendimento e a importância desse dia mágico, Garcia lista dicas para “ir às compras” de forma virtual nesse Mês das Crianças de forma segura:

 

ESCOLHA FONTES CONFIÁVEIS – Fontes confiáveis geralmente oferecem produtos de qualidade. Isso é especialmente importante quando se trata de produtos para crianças, pois sua segurança e bem-estar estão em jogo. Empresas confiáveis tendem a aderir a padrões rigorosos de qualidade.

“Essas fontes confiáveis reduzem o risco de cair em golpes ou fraudes online. Empresas respeitáveis não tentarão enganar os consumidores com produtos falsificados ou preços excessivamente altos”, alerta o CEO.

 

LEIA AVALIAÇÕES E OPINIÕES – As avaliações e opiniões são informações diretas de clientes que já adquiriram e usaram o produto ou serviço. Elas oferecem referências valiosas sobre a experiência real de compra e uso.

“Opiniões podem destacar preocupações dos produtos. Se outros pais relatam problemas de segurança com um produto, você pode reconsiderar sua compra para garantir a proteção”, acrescenta Garcia.

 

PROTEJA SUAS INFORMAÇÕES PESSOAIS – Nunca compartilhe informações pessoais sensíveis, como número de seguro social, com vendedores online. Eles não precisam dessas informações para processar uma compra.

“Golpistas frequentemente visam pais que fazem compras para seus filhos, aproveitando-se de sua disposição para fornecer informações pessoais. Proteger esses dados ajuda a evitar ser vítima de golpes”, alerta Rodrigo.

 

MÉTODOS DE PAGAMENTO SEGUROS – As formas de pagamento seguros, como cartões de crédito, oferecem proteção financeira, eles permitem disputar cobranças não autorizadas ou fraudes, o que é fundamental para proteger suas finanças. Evite fazer pagamentos por transferência bancária ou outras formas menos protegidas.

“Com cartões de crédito, se algo der errado com sua compra, como receber um produto defeituoso, você pode disputar a transação e obter um reembolso, se necessário, evite não fazer pagamentos por fora do sistema do E-commerce”, finaliza.

 

SOBRE A PETINA – Fundada em 2015, é pioneira na gestão de negócios online para indústrias e importadores em marketplaces nacionais e internacionais. Eleita dois anos consecutivos (2021 e 2022) de mentoria e gestão de marketplace pelo Mercado Livre e responsável pela estruturação das lojas oficiais dentro da plataforma como Nike, Chilli Beans, Reserva, Lacoste, Amaro (entre outras).

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.