quinta, 18 de abril de 2024

Diocese de Ourinhos comemora seus 25 anos

O início do ano jubilar foi marcado pelo decreto de 30 de dezembro de 2022

 

José Luiz Martins

 

A Diocese de Ourinhos já iniciou as comemorações dos 25 anos de sua criação e edificação, os preparativos para o Ano Jubilar da Diocese ourinhense iniciou-se ainda no final do ano passado com a criação da comissão encarregada de definir e encaminhar os eventos e atividades diocesanas a serem desenvolvidas até dezembro de 2023.

A Comissão é composta pelos seguintes representantes: Padre Matheus Venâncio Moreira de Carvalho (Responsável do Eixo Litúrgico); Padre Celso Alexandre (Responsável do Eixo Social); Padre Alexandre Batista (Responsável do Eixo Familiar); Padre Fernando José de Oliveira (Responsável do Eixo Congresso Eucarístico); Padre Ademir Giuliano Leme de Oliveira (Responsável do Eixo Cultural) e o seminarista Marcelo de Lima Diogo (Responsável do Eixo Histórico).

A abertura do Ano Jubilar que tem como tema central “Chamados e Enviados”, foi marcada pelo decreto de 30 de dezembro de 2022, data de início das celebrações que envolvem membros da diocese, sacerdotes, seminaristas e fieis católicos em todas as paróquias, casas religiosas e seminários em todo o território diocesano.

Os primeiros eventos do ano jubilar aconteceram a partir da celebração da missa de abertura e a entrega do Brasão da Diocese a ser exposto em todas as paróquias. Já em fevereiro foi realizada a celebração solene de investidura de Ministros da Eucaristia na Forania de Piraju.

No último dia 05 de março o “I Fórum Diocesano das Pastorais Sociais” reuniu todos os agentes de pastorais sociais das comunidades locais em torno do tema “A mística e a missão do agente de pastoral social”.

Buscando a reflexão, partilha e animação na vida pastoral neste tempo de pós-pandemia, o encontro ocorreu na Paróquia São Pio X na Vila Margarida e contou com a presença de coordenadores de diversos seguimentos da Diocese e Antônio Evangelista, coordenador das Cáritas Brasil na Regional Sul 1 da CNBB e assessor da formação do I Fórum.

Chamados e enviados necessitamos seguir a vocação e missão em comunhão, participando nesta Igreja Sinodal, concretizando ações sociais diante da dura realidade da fome”, salientou coordenador das Cáritas Brasil.

“Todos devemos fazer a diferença de modo extraordinário”, lembrou Dom Eduardo Vieira dos Santos atual Bispo da Diocese de Ourinhos.

Dom Eduardo Vieira dos Santos Bispo da Diocese de Ourinhos

 

Para os próximos domingos de março estão programadas as missas de Investidura de Ministros da Eucaristia das Foranias de Santa Cruz do Rio Pardo, Ocauçu e Ourinhos. Por ocasião da missa de abertura vários religiosos se manifestaram sobre a importância do ano Jubilar para as comunidades católicas das Foranias circunscritas a diocese.

“Estamos tendo a graça de introduzir o ano vocacional no jubileu de prata da nossa diocese, então serão dois grandes eventos, um de alegria pelos 25 anos da diocese de Ourinhos e depois junto com o ano vocacional, do qual toda a nossa Diocese também se movimenta com a oração e com a animação vocacional”, disse o Padre Altair Gaiguer, Chanceler da Diocese de Ourinhos.

Padre Altair Gaiguer Chanceler Diocesano De Ourinhos

Já Dom Eduardo fez um paralelo entre a sagrada família e a caminhada da Diocese, cuja história foi marcada por desafios e alegrias.

“Como família diocesana sabemos dos nossos desafios, sabemos das dificuldades, mas isso não nos tira o mérito de olhar para frente e sabermos que lá na frente temos muito a celebrar. Celebrar todos os acontecimentos que se tem e convidamos assim a diocese de Ourinhos a celebrar a sua vida, o seu momento de evangelização e toda a sua história”.

1998 / 2023 – 25 Anos

A fundação da Diocese de Ourinhos deu-se pelo desmembramento da Diocese de Botucatu, Assis e Itapeva, consolidando-se em 30 de dezembro de 1998, por obra do Papa São João Paulo II, tendo sido então a Matriz do Senhor Bom Jesus elevada a condição de Catedral, como sé episcopal e igreja mãe da Diocese de Ourinhos que se divide em quatro Foranias: Ourinhos, Santa Cruz do Rio Pardo, Piraju e Ocauçu, abrangendo ainda 24 municípios.

O padre de origem italiana, Salvador Paruzzo, foi nomeado o primeiro bispo e sua ordenação episcopal ocorreu em março de 1999 quando tomou posse na nova diocese, permanecendo até maio de 2020 quando apresentou renúncia por motivo de idade após 22 anos a frente da Diocese.

Para substituir Dom Salvador, hoje bispo emérito, o Papa Francisco nomeou em 19 de maio de 2021 Dom Eduardo Vieira dos Santos, até então, bispo auxiliar na arquidiocese de São Paulo (SP). Sua posse como Bispo Diocesano de Ourinhos aconteceu em 03 de julho de 2021, Festa de São Tomé, Apóstolo.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.