quinta, 18 de abril de 2024

Em Ourinhos foram registrados mais 77 casos positivos de covid-19

Apesar da diminuição de casos graves é necessário que a população busque pela vacina para proteger-se de variantes

 

Da redação

A Secretaria Municipal de Saúde de Ourinhos registrou 77 novos casos de COVID-19 entre os dias 20 a 26 de março de 2023. Não houve registro de óbitos pela doença.

Também não existem pacientes internados na UTI.

Total de óbitos – 603
Total de curados – 36.160
Total de casos registrados – 36.877

As vacinas continuam disponíveis para todos gratuitamente e são as maiores aliadas no combate ao vírus. Proteja-se!

A vacinação acontece das 9h00 às 17h00 em diferentes postos de saúde da cidade, de acordo com o calendário abaixo:

Segunda-feira: Ubs Vila São Luiz, Ubs Jardim Itamaraty
Terça-feira: Ubs Vila Brasil, Ubs Cohab,
Quarta-feira: Ubs Parque Minas Gerais, Postão Central (Centro de Saúde I)
Quinta-feira: Ubs Caic, Ubs Vila Margarida, Ubs Cohab
Sexta-feira: Postão Central (Centro de Saúde I), Ubs Vila Margarida

Se você não está nos grupos prioritários e ainda não tomou uma das doses anteriores [1ª, 2ª (acima de 5 anos), 3ª (acima de 12 anos), 4ª (acima de 18 anos) e 5ª dose (pessoas com comorbidade acima de 40 anos], pode procurar um dos postos de saúde relacionados anteriormente e se imunizar. A vacina monovalente também protege contra o vírus e ajuda o corpo a recuperar a memória imunológica que combate o vírus, que vai se perdendo com o tempo.

PFIZER BABY – A vacina para crianças de seis a meses a quatro anos possui um esquema vacinal diferenciado com a Pfizer Baby, aplicada somente no Postão Central, às quartas e sextas – 9h às 15h.

REFORÇO BIVALENTE – A cidade de Ourinhos incluiu os profissionais da área da Saúde acima de 18 anos no grupo prioritário para recebimento da dose de reforço bivalente contra a Covid-19. A medida segue as orientações do Ministério da Saúde para proteger os grupos mais expostos, que incluem os idosos acimas de 60 anos, gestantes e puérperas e pessoas imunossuprimidas acima de 12 anos.

Para tomar a dose de reforço bivalente é necessário ter tomado as duas primeiras doses da vacina ou uma das doses de reforço há mais de quatro meses. A vacina bivalente é uma atualização do imunizante e protege contra a variante Ômicron e suas subvariantes.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.