quinta, 18 de julho de 2024

Excesso de feriados em 2015 gera preocupação no comércio

Publicado em 23 jan 2015 - 01:44:28

           

Da redação

A Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos acredita que o grande número de feriados serão extremamente prejudiciais à economia local em 2015. Na maior parte das comemorações, a data coincide com o início ou fim da semana, abrindo possibilidade para o feriado prolongado. 

Em se tratando de feriados nacionais, ao todo serão 10 que cairão em dias úteis: Confraternização Universal (1º), Carnaval, Páscoa, Tiradentes, Dia do Trabalho, Corpus Christi, Independência, Nossa Senhora Aparecida, Finados e Natal.

A situação foi diferente de 2014, quando a maioria dos dias de descanso oficiais caiu nos finais de semana. As exceções foram as datas dos jogos da seleção brasileira na Copa Mundial, que interromperam atividades do comércio.

De acordo com presidente do Sincomércio, Fred Correa Leite, os empresários sofrerão um impacto negativo no faturamento, o que consequentemente poderá gerar desiquilíbrio entre receita e despesa. “Com os dias perdidos as empresas deixam de receber, mas as despesas continuam as mesmas, como impostos, duplicatas, folha de pagamento, etc. É muita situação muito difícil e com certeza teremos grandes perdas com este cenário. Ao contrário do que muitos pensam, quando fechamos em um dia de recesso, não vendemos em dobro no dia seguinte, uma vez que o que se perde em um feriado jamais será recuperado.”, avaliou.

Fred Correa Leite lembrou ainda que o país vem passando por um período complicado e as medidas tomadas pelo Governo para combater a inflação está contribuindo para a queda do consumo. “O Governo Federal aumentou os juros e está diminuindo o acesso ao crédito na tentativa de combate à inflação. Com isso, o consumidor terá menos poder de compra para complicar ainda mais a situação dos comerciantes”.

Para amenizar os prejuízos, a dica do presidente do Sincomércio é investir em promoções exclusivas na semana do feriado com o intuito de potencializar as vendas e tentar compensar os dias pedidos. 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.