sábado, 22 de junho de 2024

Frente Parlamentar de Combate ao Diabetes é oficializada na ALESP

Da redação

Foi publicado nesta sexta-feira (8), no Diário Oficial do Estado de São Paulo, o Ato nº 115 de 2015, que oficializa a criação da Frente Parlamentar de Combate ao Diabetes – pedido feito e protocolado pelo deputado estadual Fernando Cury (PPS). 

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), Fernando Capez (PSB), confirmou a nomeação dos deputados que irão compor a Frente Parlamentar, que contará com Fernando Cury como coordenador e com a participação de outros 31 deputados: Adilson Rossi (PSB), Antonio Salim Curiati (PP), Atila Jacomussi (PCdoB), Beth Sahão (PT), Caio França (PSB), Carlos Neder (PT), Célia Leão (PSDB), Celino Cardoso (PSDB), Celso Giglio (PSDB), Celso Nascimento (PSC), Cezinha de Madureira (DEM), Chico Sardelli (PV), Coronel Camilo (PSD), Davi Zaia (PPS), Ed Thomas (PSB), Gil Lancaster (DEM), Hélio Nishimoto (PSDB), Itamar Borges (PMDB), Jorge Wilson Xerife do Consumidor (PRB), Luiz Fernando (PT), Marcos Zerbini (PSDB), Orlando Bolçone (PSB), Ramalho da Construção (PSDB), Roberto Engler (PSDB), Roberto Massafera (PSDB), Roberto Morais (PPS), Roberto Tripoli (PV), Sebastião Santos (PRB), Vanessa Damo (PMDB), Wellington Moura (PRB) e Welson Gasparini (PSDB). Ainda de acordo com o texto do Diário Oficial, outros deputados podem aderir à Frente Parlamentar, mesmo depois de oficializada, necessitando apenas solicitar ao Departamento de Comissões da Secretaria Geral Parlamentar. 

O deputado estadual Fernando Cury comemorou a oficialização da Frente Parlamentar de Combate ao Diabetes, que visa discutir a doença e propor medidas para auxiliar o seu combate. Para isso, além dos outros parlamentares, o deputado Fernando Cury também conta com o apoio de associações, profissionais da saúde e da população em geral. “Estou à disposição das entidades que prestam assistência aos diabéticos para que apresentem suas demandas, sugestões e ideias para que juntos possamos difundir a informação e minimizar suas consequências. Já recebi o apoio de dirigentes de associações como a de São Paulo, Jacareí, Indaiatuba e de Botucatu, da Dra. Bibiana Prada de Camargo Colenci, endocrinologista especialista em Diabetes, além do fundamental incentivo da vice-reitora da Unesp, Dra. Marilza Vieira Cunha Rudge, médica ginecologista e pesquisadora do diabetes gestacional. Como deputado, quero usar todos os meios dos quais dispuser e, se preciso for, proporei ajustes na legislação para auxiliar as pessoas que sofrem com essa doença. Iremos convocar todos para que possamos, juntos, manter essas discussões na busca do nosso objetivo, que é Combate ao Diabetes”, destacou. 

Alerta com este grande problema da Saúde Pública, que segundo a Secretaria de Saúde, apenas no estado de São Paulo, por ano, são feitas mais 21 mil internações e ocorrem mais de nove mil mortes devido ao Diabetes, o deputado Fernando Cury também sofre com a doença em sua família. “Esses números impressionam, de forma negativa, e também recebo muitas manifestações de pessoas que sofrem com o diabetes, por isso decidi colaborar, mas a motivação também surgiu de dentro da minha família, através da Beatriz, a minha sobrinha, de sete anos, diagnosticada com a doença aos quatro anos. Com ela, pude acompanhar de perto a difícil rotina imposta à família toda. Precisamos aprender a lidar com a doença e as mudanças de vida que ela trouxe, como o controle diário da glicemia, horários para aplicação de insulina e cuidados com a alimentação, para que a querida Bia possa levar uma vida relativamente normal, principalmente nesta idade onde as guloseimas são as maiores vilãs”, disse.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.