quinta, 13 de junho de 2024

Frente Parlamentar defenderá a duplicação da Raposo Tavares

Da redação

A Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da SP 270 – Rodovia Raposo Tavares, sob coordenação do deputado estadual Ricardo Madalena (PR), começou a funcionar na Assembleia Legislativa do Estado.  O presidente da Assembleia, deputado estadual Fernando Capez, (PSDB), abriu o ato e parabenizou o deputado Madalena pela iniciativa. “A Presidência da Casa dará total apoio à reivindicação”, disse Capez. 

A solenidade contou com a presença de vários prefeitos e vereadores das cidades que estão no eixo da rodovia Raposo Tavares. “Fiquei feliz com as presenças da tantas lideranças municipais que prestigiaram o lançamento da frente parlamentar porque só teremos sucesso nesse projeto se tivermos apoio dessas lideranças e da população”, declarou Madalena.

O deputado explicou também que o objetivo da frente parlamentar é sensibilizar o governador Geraldo Alckmin sobre a necessidade de duplicação da rodovia, tanto no aspecto da segurança aos motoristas, como no sentido de que representará importante avanço para o desenvolvimento regional. A reivindicação é que a duplicação seja realizada no trecho da estrada que vai de Itapetininga a Ourinhos que tem 205 quilômetros e é administrado pelo DER. 

 

A frente vai atuar no sentido de proporcionar o entendimento entre órgãos governamentais, autoridades municipais e sociedade civil, de modo a encontrar soluções técnicas e a viabilidade de recursos financeiros para a efetivação da obra. 

Existe um projeto do governo do Estado em andamento para investir R$ 410 milhões na recuperação da rodovia Raposo Tavares, por meio de um financiamento contratado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. 

“O trabalho da frente parlamentar e a mobilização da sociedade são fundamentais para garantirmos que as obras de modernização da rodovia Raposo Tavares comecem realmente no início de 2016 já que era para ter começado no fim de 2014”, esclarece o deputado que, em 2013, quando era superintendente do DNIT/SP, esteve com então secretário de Transportes Saulo de Castro Souto, acompanhado por prefeitos da região, para solicitar melhorias na rodovia.

Ainda segundo o deputado, o trabalho de convencimento para conseguir a duplicação começa com bons argumentos. Com base em estatísticas do próprio DER, quando o tráfego de uma rodovia ultrapassa os 8 mil veículos por dia, é hora de duplicar uma pista. 

“Por está lógica e de acordo com dados de tráfego disponível no site do DER, dois trechos deveriam ser duplicados. O primeiro, entre Itapetininga e Angatuba, em 2014, teve um volume diário de tráfego foi de 9 mil 403 veículos. O outro trecho, que fica entre Ipaussu e Ourinhos, teve um VDM de 11 mil 660 veículos, no mesmo período. Isso mostra que começamos com dois argumentos técnicos fortes para embasar nossa iniciativa”, explicou Madalena.

A cerimônia, que elegeu como vice-presidente da frente o deputado Márcio Camargo (PSC), ainda contou com a participação dos deputados Edson Giriboni, Marcos Neves e Reinaldo Alguz (todos do PV) e Marcos Damasio (PR), além dos representantes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), os engenheiros Rubens Cahim e Alfredo Moreira de Souza, e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Rinaldo Félix da Costa, e o representante do ministro dos Transportes, Joel Batista.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.