sábado, 15 de junho de 2024

Idosos são presos acusados de estupro de crianças em Jacarezinho

www.facebook.com/portaljnn

Após intensos procedimentos de investigações por parte da Polícia Civil de Jacarezinho/PR, no setor da Delegacia da Mulher, nesta semana, os policiais militares deram cumprimento a dois mandados de prisão expedidos pela Vara Criminal de Jacarezinho/PR, em desfavor de dois idosos de 63 anos.

A Delegacia da Mulher iniciou investigações para apurar delitos de estupro contra vulneráveis, tendo culminado com a formação do conjunto de provas que foram suficientes para comprovar a autoria por partes dos suspeitos, os quais foram condenados a penas de mais de 16 anos de prisão.

CASO 1 – Com relação a um dos suspeitos, o fato ocorreu no início de setembro do ano de 2014, tendo ele sido acusado de ter estuprado sua enteada que contava à época com apenas 13 anos de idade.

Todos os procedimentos investigatórios foram realizados pela Delegacia da Mulher, presidida pela Delegada, Dra Carolinne dos Santos Fernandes, tendo sido encaminhado a Justiça Criminal que proferiu sentença condenatória de 16 anos, 05 meses e 05 dias.

CASO 2 – Com relação ao segundo suspeito ele era suspeito de ter abusado sexualmente de uma sobrinha menor de 14 anos, tendo o delito ocorrido no final de junho de 2014 e com sentença proferida apenas em 24/01/2017.

Tão logo a Delegacia da Mulher tomou conhecimento do fato, instaurou Inquérito Policial, que foi presidido pela Delegada, Dra Carolinne dos Santos Fernandes, tendo sido juntadas provas suficientes de autoria e encaminhando o processo ao Judiciário que proferiu sentença condenatória de 16 anos, 4 meses e 02 dias de prisão.

O Delegado Chefe da 12ª Subdivisão Policial de Jacarezinho destacou o brilhante trabalho desenvolvido pela Delegacia de Mulher de nossa cidade, a qual conta com reduzido efetivo, entretanto, não mede esforços para elucidar todos os casos sob sua responsabilidade, sendo os casos apresentados na presente matéria fruto deste belo trabalho desenvolvido.

As ações de investigação desenvolvidas pela Delegacia de Mulher continuam, sendo que somente neste início do ano de 2017 já conta com 17 caos de estupros sob investigação.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.