sexta, 21 de junho de 2024

Jovem ourinhense se classifica pelo 3 ano para as finais do brasileiro de karatê

O jovem ourinhense José Augusto de Oliveira Netto, de 15 anos, se classificou pela terceira vez para as finais do campeonato brasileiro de karatê, na modalidade Shiai. O atleta já é medalhista por cinco anos consecutivos no campeonato paulista. Agora, Augusto participa do campeonato brasileiro, na fase final, que acontece entre os dias 12 e 16 de outubro, no Ibirapuera, em São Paulo.   

O campeonato brasileiro, na fase regional, aconteceu em Porto Alegre onde Augusto disputou na modalidade Shiai, que é uma luta com árbitro, na categoria até 70 quilos e se consagrou campeão. Este evento é dividido em quatro etapas pelo país, que participam seis estados em cada uma.

Augusto se preparou durante três meses para participar deste evento, treinando cinco horas por dia, e também para a Seletiva Três Nacional, que aconteceu no dia seguinte após o brasileiro. Para ele, de acordo com a mudança de categoria, as dificuldades são maiores, porém se sentiu preparado para vencer os adversários na fase regional.

Com duas classificações, em 2012 em segundo lugar, e em 2015, em terceiro lugar, a expetativa do atleta é ser campeão em 2016. “Estou me dedicando mais e me preparando mais para conseguir a classificação como campeão brasileiro, título que Ourinhos ainda não tem”, fala.

 Com apenas 15 anos, Augusto já foi campeão da Copa São Paulo em 2015-2016, campeão da Copa dos Campões realizada pela Federação Paulista de Karatê em 2015-2016, bi-campeão brasileiro do estilo Karatê em 2015-2016 e ganhou a seletiva para disputar o sulamericano em julho deste ano, em Cartagena, na Colômbia.

Filho do professor Adilson Luiz de Oliveira, que ensina Karatê para jovens desde a década de 90, Augusto busca a classificação do brasileiro, já alçando horizontes ainda mais altos. “A minha expectativa como técnico e professor com estas classificações inéditas em 2016 desses atletas, é visar o mundial do próximo ano. Lá, as dificuldades serão maiores, mas essas conquistas servirão de preparação para eles disputarem essa vaga em um evento tão importante que acontece em agosto do ano que vem na Turquia”, fala.

 

Para o professor, essa sequência de títulos se deve à dedicação e talento desses atletas, que trazem para Ourinhos orgulho e títulos consideráveis para o interior de São Paulo. “Um atleta enfrenta muitas dificuldades para conseguir se destacar no mundo do esporte, pois depende de patrocínio, ver nossos alunos brilhando nesses eventos é motivo de muito orgulho e reconhecimento.”, termina. 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.