sábado, 15 de junho de 2024

Jovens vão pedalar por toda a América Latina

Hernani Corrêa

O casal Alan Frederico Mortean e Marcela da Silva Mortean, partem no dia 24 de março deste ano de Ourinhos rumo a uma viagem de bicicleta por toda a América Latina. O roteiro inclui países como Paraguai, Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia, Colômbia e até o México.

A viagem faz parte do Projeto Ciclos e é uma viagem de aprendizagem e autoconhecimento pela América Latina de Eduardo Galeano, de Che Guevara, do deserto do Atacama, do lago Titicaca, das civilizações andinas, dos indígenas das florestas tropicais, da riqueza de recursos naturais, das culturas ancestrais e das desigualdades abissais, segundo eles declaram em seu site.

Alan, cicloculturista que busca ser um engenheiro ambiental descalço, graduou-se na universidade de São Paulo, onde atuou no Programa USP Recicla. Já Marcela é nutricionista com especialidade em Nutrição e metabolismo, gosta de ajudar as pessoas e trabalhou no Instituto de Tecnologia e Bioarquitetura, TIBÁ.

Doações e Patrocínios: Qualquer pessoa ou empresa pode ajudar a patrocinar o Projeto Ciclos, depositando qualquer valor na conta: Alan Frederico Mortean – Banco do Brasil – Ag: 3062-7 – CC: 15.281-1.

Se você deseja saber mais detalhes sobre o Projeto Ciclos, veja no site www.osantipodas.com. Informações também podem ser obtidas pelo Fone (14) 3322-3940. 

Saiba mais sobre o Projeto Ciclos – “O projeto ciclos é uma viagem que iniciaremos no dia 24 de março de 2015”, relatam Alan e Marcela em seu site

É ciclos porque é a bicicleta que nos levará; é ciclos porque resgataremos a percepção dos ciclos naturais por nós, seres humanos, através do compartilhamento de experiências e vivências em saneamento sustentável, compostagem, plantio orgânico e alimentação natural. Por onde passarmos ofereceremos cursos, palestras e qualquer tipo de troca sobre os referidos temas.

 O Projeto se encaixa na realidade latino-americana, onde há 100 milhões de pessoas sem acesso a saneamento básico, o equivalente a metade da população do Brasil. Ele está dividido em três etapas e será realizado num período de 1,5 a 4,5 anos, passando por 17 dos 22 países latino-americanos, desde Ourinhos-SP (região berço de cicloturistas que deram voltas na América do Sul e no mundo em bicicleta), até o México.

Neste trajeto, serão 18 mil quilômetros, pedalando por relevos que vão do nível do mar até 4.000 metros de altitude, nos Andes. Durante o percurso, pretende-se sensibilizar de 500 a 1500 pessoas quanto aos ciclos de nutrientes naturais, conhecendo ao menos 17 centros de permacultura e divulgando neste site as experiências obtidas.

 Após o término, espera-se escrever um livro para compartilhar as vivências e histórias do Projeto Ciclos.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.