quarta, 21 de fevereiro de 2024

Mercado Municipal é novamente cenário do carnaval ourinhense

Por mais um anos Ourinhos terá dias de folia, muita alegria e dança no “Mercadão”

 

Juliana Neves/MarcíliaEstefani

 

Em uma pesquisa rápida pelo Google, uma das definições para a festa de Carnaval é que a mesma começou com o povoado egípcio, hebreu, grego e romano. Como festas realizadas para celebrar as grandes colheitas e louvar divindades.

Outros dizem que sua origem vem de festas da Idade Média da Igreja Católica.  Carnaval ou entrudo são os três dias de festas que precedem a quarta-feira de cinzas. É uma palavra que tem origem no latim “carna vale” e que significa dizer “adeus à carne”.

O carnaval chegou ao Brasil através das festas que ocorriam na Europa, principalmente na Itália e na França, no século XVII. As fantasias de pierrô (pierrot) e de colombina foram logo incorporadas ao carnaval brasileiro.

No início, as festas de carnaval aconteciam nas ruas, com desfiles de fantasias. Posteriormente, passaram a ser realizadas nos clubes, onde eram tocadas as marchas, os sambas e os frevos preparados para os festejos.

OPINIÃO DO OURINHENSE – Gustavo Tanus, secretário municipal de cultura, também define a festa voltada ao cristianismo. “Carnaval é uma festa do cristianismo que, na prática, começa no Dia de Reis e acaba na quarta-feira de cinzas, véspera da quaresma. Essa, que é uma das maiores festas tradicionais do Brasil, é importante, pois possibilita a liberdade de expressão de diversos movimentos. Vale destacar que o carnaval em cada região do país tem um ritmo diferente”, explica.

Gustavo Tanus, secretário municipal de cultura

FANTASIAS – As fantasias marcam estas festas. É o momento em que as pessoas possuem a liberdade de serem o que não são uma vez na vida e se libertam através da dança e pela alegria proporcionada pelo Carnaval.

EM OURINHOS – Em nosso município a tradição carnavalesca vem de muito tempo atrás, como na década de 90 que havia desfiles na Avenida Altino Arantes. “Atualmente, buscamos formas de resgatar essa comemoração em nossa cidade, mas é claro que nada acontece de uma hora para outra, as pessoas precisam voltar a se interessar pelo Carnaval e, consequentemente, a festa volta a crescer no município”, afirma Gustavo.

Nos próximos dias haverá muita festa no Mercadão Municipal como já acontece há alguns anos. “É um local que parece ter uma boa aceitação do público, além de ser um espaço central e contarmos também com o apoio e colaboração dos lojistas. Acredito que será mais um evento de sucesso”, sintetiza o secretário.

GRITO DE CARNAVAL – No sábado (15), foi realizado o Grito de Carnaval no mesmo local, uma festa que já demonstrou a potência que os dias do feriado deverão ter, com muito brilho, colorida, com alegria, família, crianças e jovens.

Grito de carnaval realizado no dia 15 de fevereiro

OPINIÃO POPULAR – Vinicius Costa, motorista, afirma que “o carnaval é uma boa época para comemorar a felicidade, reencontrar amigos e ter dias diferentes, de muita festa, mas com responsabilidade. Entretanto, acredito que falta mais opções em nossa cidade para o divertimento, acho que o nosso carnaval poderia ser um mix de ritmos musicais, cada dia uma banda diferente para agradar a todos”.

Para Geovana Silva, engenheira elétrica, o Carnaval também é época de aproveitar, se jogar e de muita diversão. “E as festividades de Ourinhos eu vejo como uma boa opção para “pular carnaval”, é um evento familiar, leve e harmonioso, vale a pena as pessoas conhecerem, pois irão dançar muito e se sentirem em uma festa de carnaval tradicional”, finaliza.

PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL NO MERCADÃO – Nos dias 22 e 24/02 a diversão começa às 19 horas. No primeiro dia teremos Vanessa Machado e Grupo. No segundo dia Ju Spina, Tons Afro, Kizumbamba e Escola de Samba Acadêmicos Capiau de Jacarezinho.

Dias 23 e 25/02 acontecerão as matinês, a diversão começa às 16h com Banda dos Professores da Escola de Música, com muita marchinha.

Teremos brinquedos e algodão doce para as crianças. Todos os dias haverá praça de alimentação, além da estrutura do Mercadão para atender o público.

 

 

 

Imagem Gustavo: enviado por ele mesmo

Imagem post: retirada da página da Cultura de Ourinhos

Imagem folião: ilustração internet

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.