segunda, 27 de maio de 2024

Moradora de Canitar é morta a facadas, ex-marido é o maior suspeito

O crime aconteceu na madrugada deste domingo, 25, na casa da vítima

 

Marcília Estefani

 

Por volta das 3h20 deste domingo, 25, a cabeleireira Cláudia Valéria de Oliveira, de 42 anos, foi morta com vários golpes de faca, na casa onde morava com a mãe, em Canitar. O ex-marido da vítima, Marco Antonio Figueira vulgo ‘Cabeção’, morador do Jardim São Silvestre em Ourinhos, é o principal suspeito.

 

 

 

Cláudia e Marco estavam separados há pouco mais de um ano. O suspeito foi preso próximo a Bauru com o carro da vítima. Segundo o portal Passando a Régua, ele não confessou o crime e disse que só falaria diante do seu advogado.

O feminicídio está sendo registrado na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, e Marco, que é mecânico industrial, e segundo conhecidos trabalha na Usina São Luiz, será encaminhado à cadeia pública de São Pedro do Turvo.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.