quinta, 13 de junho de 2024

Moradora do Jardim Matilde reclama a retirada de coqueiros

Hernani Corrêa

Uma moradora do Jardim Matilde, que preferiu não se identificar, reclamou esta semana da prefeitura de Ourinhos por ter retirado diversos coqueiros formados que estavam plantados no canteiro central do inicio da Avenida Getúlio Vargas. Segundo ela, funcionários da prefeitura alegaram que eles não podem ficar embaixo da rede elétrica de alta tensão existente no local.

“Tinha uns 15 coqueiros na primeira quadra da Avenida Getúlio Vargas na semana passada, que poderiam ser replantados e foram jogados no lixão”, segundo o que ela ouviu informar um dos funcionários da prefeitura que retiravam os coqueiros.

“Eu estou há quatro anos nessa rua, já estava acostumada com os coqueiros, com os bichos que eles atraiam, mas estávamos cuidando, porque sabemos que precisamos preservar as árvores. Até considerei correto retirar por causa de estarem embaixo de fios de alta tensão, mas os funcionários disseram que foram jogados no “lixão”. Temos muitas praças carentes de árvores e porque não foram replantadas?”, reclama a moradora.

“Quando vamos atrás de coqueiros formados para plantar, eles são tirados com a raiz, e eles tiraram daqui com as máquinas com todo o cuidado, porque as árvores saíram junto com os coqueiros”, emendou.

Quanto ao replante, ela informou que a prefeitura está fazendo a reposição, mas os motoristas estão reclamando que as árvores replantadas tiram a visão de quem quer cruzar a avenida, o que não acontecia com os coqueiros.

Outro lado – Wanderlei Perez, diretor de agricultura da Secretaria de Meio Ambiente informou que os coqueiros foram retirados por determinação da CPFL, pois estavam irregulares há anos. Negou que foram jogados no “lixão”, mas não soube informar onde haviam sido replantados, que a Secretaria de Serviços Urbanos poderia dizer. 

Em contato com os Serviços Urbanos, fomos informados que os coqueiros haviam sido replantados em frente ao aeroporto de Ourinhos, conforme checou a reportagem e mostram as fotos.

Quanto as árvores que substituíram os coqueiros prejudicarem a visão dos motoristas, Peres informou que foram plantadas próximas uma da outra e estão baixas. Que quando crescerem, serão erguidas as “saias” e facilitarão a visão.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.