sexta, 21 de junho de 2024

Moradores das proximidades do CSU da Barra Funda reclamam dos depósitos irregulares de entulho

Alexandre Mansinho

Roberta Nunes, moradora da Barra Funda, reclama que, mesmo com a roçada e limpeza por parte da prefeitura, é comum que carroças e pequenos veículos utilitários depositem lixo no terreno pertencente ao Centro Social Urbano. Segundo ela, seria importante que o terreno fosse murado e que as passagens usadas pela população fossem reestruturadas: “já vi pessoas idosas que, para cortar caminho, acabam passando por áreas perigosas que, quase sempre, estão cheias de entulho”.

A. P. N. S., 28 anos, que é vizinha do terreno do CSU, diz que é urgente a reestruturação daquele terreno: “é um terreno imenso, sem segurança e que facilita que as pessoas depositem lixo – tem gente porca que não pensa sobre os problemas que isso causa”.

O Centro Social Urbano da Barra Funda deve, em 2017, sua gestão reestruturada: passou a abrigar a Secretaria de Esportes, passou por uma grande limpeza e teve a ampliação de atividades esportivas e sociais para a população. No entanto, algumas obras de infraestrutura ainda são demandas daqueles que moram no entorno.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.