quinta, 18 de abril de 2024

Moradores de Quatá comemoram 1 ano de interdição de ponte destruída por chuva

Ponte que liga Quatá a Tupã (SP), fica na estrada vicinal Adelelmo Piva e foi destruída pela chuva em 2022. Desde então, as obras de reparo não foram iniciadas.

 

Da redação

 

Moradores de Quatá (SP) realizaram uma festa com direito a bolo e churrasco, como protesto para marcar um ano da interdição de uma ponte que foi destruída pela chuva.

A ponte, que liga Quatá a Tupã (SP), fica na estrada vicinal Adelelmo Piva e foi destruída por um temporal que atingiu a região no dia 13 de março de 2022. Desde então, as obras de reparo não foram iniciadas.

Como protesto pela demora, os moradores se reuniram na noite de segunda-feira (13) e realizaram uma “festa”, com direito a bolo de aniversário e “parabéns” à interdição.

Segundo os manifestantes, foi feito o protesto porque, sem a estrutura, o trajeto até Tupã fica mais longo, o que dificulta a mobilidade da população, tanto para ter acesso a serviços públicos, como escolas, quanto para escoar a produção agrícola.

Em maio do ano passado, o motorista de uma carreta que carregava farelo de soja morreu após o veículo cair da ponte, que já estava interditada.

Já em setembro, produtores rurais construíram uma ponte alternativa para restabelecer a rota entre municípios vizinhos.

Questionada sobre a demora na reconstrução da ponte, a prefeitura do município afirmou que a licitação da obra já foi feita e a empresa escolhida.

No entanto, o município aguarda, por parte do governo do Estado de SP, a liberação da ordem de serviço, uma vez que a obra será feita em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A obra está orçada em pouco mais de R$ 5 milhões.

Em nota, o DER disse que o convênio com a prefeitura de Quatá foi assinado em dezembro de 2022. “Neste momento, seguem os tramites para liberação de recursos e contratação das obras”, informou.

PreviousNext

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.