sexta, 21 de junho de 2024

Mulher tem parada cardíaca e morre após tomar injeção no UPA

Uma mulher morreu na tarde desta segunda-feira depois de ser medicada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento). O caso veio a tona depois de uma pessoa que também estava presente na unidade, aguardando por atendimento, postar em sua conta do facebook o que havia ocorrido. Mais de 1,4 mil pessoas curtiram e comentaram a postagem e o caso gerou indignação pela população.

A pessoa que testemunhou o ocorrido relatou em sua conta no facebook que essa foi mais uma pérola do UPA de Ourinhos. “Acabei de presenciar uma moça entrando com dor nas costas. Fizeram uma injeção e ela veio a falecer. Família inconsolável e agora fica por isso mesmo. Quem é o médico que atendeu? Que injeção é essa? Alguém entra andando e sofre parada depois de tomar injeção? Meus sentimentos à família. Minha indignação com o descaso de alguns médicos do UPA”, postou. 

A vítima do descaso público é a auxiliar de educação infantil, Aline de Moraes. Segundo informações, Aline procurou atendimento pois estava com uma dor forte nas costas e foi medicada com uma injeção. Minutos depois, quando já estava na calçada em frente a unidade, se sentiu mal, teve uma parada cardíaca e foi a óbito. 

Vereadores já se manifestaram sobre a situação e pedem esclarecimentos da Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, da Secretaria de Saúde Municipal, gestores do UPA e órgãos envolvidos. O corpo de Aline será velado nesta terça-feira, às 11h na rua Sebastião Costa Galvão, 116, no Jardim Eldorado, na Igreja do Evangelho Quadrangular.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.