terça, 16 de julho de 2024

Munícipes serão notificados por manterem hidrômetros inacessíveis nas residências

Publicado em 21 abr 2022 - 17:18:16

           

Após notificação o morador tem 30 dias para a regularização do equipamento

 

Da redação

 

A Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos já está notificando munícipes que mantenham seus hidrômetros inacessíveis para a realização das leituras de consumo que geram as cobranças mensais.

Segundo a autarquia, os leituristas da SAE (Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos) encontram dificuldades para efetuar a leitura de consumo de água em cerca de 2 mil hidrômetros inacessíveis espalhados por toda a cidade.

 

 

São equipamentos que estão distantes da fachada da casa ou com o visor bloqueado. Na maioria das vezes nenhum responsável pela residência é encontrado para permitir a entrada do leiturista, impossibilitando a medição de consumo.

Para evitar tais situações a SAE vem orientando a população a instalar hidrômetros em local acessível seguindo os parâmetros da Lei 1.082 de 23 de dezembro de 2020. Ourinhos possui ao todo, cerca de 43 mil ligações de água.

 

 

De acordo com o artigo 49 da lei, o hidrômetro deve ser instalado em caixa padronizada, assentada na divisa do imóvel, com visor voltado para a rua. O local de instalação deve possibilitar livre acesso para manutenção do equipamento e coleta da leitura, sem a necessidade do leiturista entrar nas dependências da residência.

Após a notificação, o munícipe tem 30 dias para regularizar o equipamento, sendo que a SAE fornece gratuitamente o hidrômetro, porém, a instalação será custeada pelo usuário.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3302-1000 (mesmo número do WhatsApp).

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.