sábado, 13 de abril de 2024

Operação da PF mira empresário do ramo de armas e cumpre mandados em loja e condomínio de luxo em Bauru

Alvo da operação é suspeito de fornecer armamentos e explosivos para quadrilhas envolvidas em roubo a bancos e tráfico de drogas. Polícia Federal da Paraíba, onde foram expedidos os mandados, comanda a ação.

 

Da redação

 

A Polícia Federal (PF) cumpriu mandado de busca e apreensão, na manhã desta quinta-feira (30), contra um empresário do ramo de armamentos em uma loja e sua residência localizada em condomínio de luxo de Bauru (SP).
Ele é suspeito de fazer parte de um forte esquema que abastecia com armas, munições, apetrechos e explosivos diversas quadrilhas especializadas em roubos a banco e tráfico de drogas na região nordeste do país.
A Polícia Federal da Paraíba está no comando da ação desta quinta-feira, que cumpre dois mandados expedidos pela Vara de Entorpecentes de Campina Grande (PB).
A iniciativa é um dos desdobramentos da Operação Desmonte, deflagrada no último dia 9 de março após aproximadamente um ano de investigações pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra do Patrimônio e Tráfico de Armas, da Polícia Federal da Paraíba.
Durante a primeira fase, foram cumpridos 17 mandados de prisão e 22 mandados de busca e apreensão nos estados da Paraíba, Pernambuco, Piauí, São Paulo e Paraná.
“O início deste trabalho se deu após o aprofundamento da investigação do braço armado de uma quadrilha de assaltantes de bancos que havia migrado sua atividade ilícita para o tráfico de drogas”, afirma a Polícia Federal.
Segundo a investigação, os membros da organização criminosa movimentaram milhões de reais com transações ilegais e práticas que envolvem tráfico internacional de armas por meio de contrabandistas, colecionadores e caçadores, servidores públicos, entre outros agentes.

 

Informações g1

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.