quarta, 12 de junho de 2024

Ourinhos é um dos principais corredores para escoamento da safra de grãos

Da redação

O Governo Federal apresentou nesta terça-feira, 13, medidas para escoamento da safra de grãos 2014/2015. Os ministros da Agricultura, Kátia Abreu, dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, e da Secretaria de Portos, Edinho Araújo, apresentaram ações estratégicas para viabilizar o escoamento da safra agrícola 2014/2015, com a perspectiva de novo recorde de safra com mais de 200 milhões de toneladas de grãos, principalmente soja, segundo estimativas da Conab.

O objetivo é dar continuidade às ações adotadas para evitar congestionamentos de veículos no corredor de acesso ao Porto de Santos, além de melhorias na infraestrutura dos corredores multimodais do Arco Norte nos estados do Mato Grosso, Rondônia, Amazonas, Tocantins e Maranhão. 

Devido a sua excelente localização geográfica, no Corredor Sudeste, Ourinhos se destaca por possuir um dos maiores entroncamentos rodo-ferroviários, tendo facilidades para o fluxo de transportes rodoviários e ferroviários, possibilitando o escoamento de produção para os dois principais portos brasileiros, o Porto de Santos e o de Paranaguá.

Recentemente foi inaugurada pela prefeita Belkis Fernandes a ampliação do Trevo de Ourinhos, importante entroncamento das Rodovias Raposo Tavares, que liga as regiões Leste/Oeste e Transbrasiliana (BR-153) ligando Norte/Sul do país.  “Esse destaque que Ourinhos recebeu do Governo Federal é uma ótima notícia, pois Ourinhos ocupa uma posição estratégica no país e temos um dos maiores entrocamentos rodo-ferroviarios da América do Sul, sem contar as importantes empresas de logística instaladas. Não podemos esquecer que o município também é um polo de distribuição de combustíveis para São Paulo, Mato Grosso do Sul e toda a Região Sul”, disse a prefeita. 

O secretário de desenvolvimento econômico José Claudinei Messias também falou sobre o assunto. “Por conta de nossa ótima localização e também das melhorias implantadas nas rodovias, a expectativa é de aumento significativo no transporte e também a possibilidade de mais empresas virem se instalar em nossa cidade.

Hoje já temos importantes empresas que fazem distribuição de produtos a partir de Ourinhos para a região sudeste toda, através de CD – Centros de Distribuição. A malha ferroviária tem importante papel, pelo custo mais barato e que deve ser mais explorado. Também temos um aeroporto com potencial para atender a região sudeste do país. Estamos em contato permanente com empresários do setor de transportes e logística para nosso potencial”, acrescentou Messias. 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.