sábado, 15 de junho de 2024

Ourinhos sobe para o 39º lugar no ranking do Programa Município VerdeAzul

Da redação

Após realizar uma análise, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente divulgou um novo ranking do Programa Município VerdeAzul, referente a 2014. Ourinhos que antes estava na 52º posição com nota 87,54 passou para o 39º lugar com uma pontuação de 90,04.

O secretário municipal de meio ambiente e agricultura Diógenes Correa Leite explica o pedido de revisão da pontuação do município junto à coordenação do Programa. “Logo após a divulgação do ranking em dezembro, nós verificamos as diretivas e notamos que algumas delas não estavam pontuadas como imaginávamos. Então entramos com um recurso, assim como outras cidades e recebemos a visita da equipe do Programa que constatou uma falha e divulgou esse novo resultado”.

Ainda de acordo com o Secretário, o novo resultado reflete no trabalho que vem sendo desenvolvido no município de Ourinhos. “Ter ficado em 39º lugar no ranking é a melhor posição conquistada desde o início da certificação, o que demonstra os trabalhos desenvolvidos na cidade e a determinação da prefeita Belkis Fernandes em lutar por melhorias nesse setor”.

A Prefeitura de Ourinhos, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura já está aguardando a divulgação de novas diretivas para 2015 e trabalhando em diversos âmbitos, como a Estação de Tratamento de Esgoto, resíduos de construções civis, aterro sanitário, entre outros.

“Nós estamos seguindo toda uma orientação da prefeita Belkis para a realização desses trabalhos e também para que 2015 seja um ano de conquistas. Por isso, agradeço o empenho dela, de toda a equipe da Secretaria de Meio Ambiente assim como outras Secretarias e também a SAE que teve uma participação muito importante na conquista desse selo”, finalizou Diógenes.

O Programa Município VerdeAzul foi lançado em 2007 pelo governo de São Paulo e tem como objetivo estimular e capacitar as prefeituras a implementarem e desenvolverem uma Agenda ambiental estratégica.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.