terça, 16 de julho de 2024

Parentes e amigos lamentam mortes da família Wiltemburg Santos

Publicado em 12 abr 2021 - 16:19:54

           

Em um intervalo de 24 horas, três pessoas da mesma família faleceram em Santa Cruz do Rio Pardo

 

 

Da redação

 

 

A tragédia vivida por uma família em Santa Cruz do Rio Pardo mobilizou a população da cidade, além de internautas de toda a região neste final de semana. O casal Luiz Alberto Santos e Nilza Wiltemburg Santos, de 70 anos, e o filho Sérgio Wiltemburg Santos, de 39, faleceram em um intervalo de 24 horas, segundo a Secretaria de Comunicação da cidade, vítimas de coronavírus.

 

Família de Santa Cruz do Rio Pardo morreu de Covid-19 neste fim de semana. Foto: Arquivo pessoal

 

De acordo com a Secretaria de Comunicação do município, Sérgio estava internado na Santa Casa desde o dia 21 de março e não resistiu às complicações da doença, falecendo na manhã de sábado (10).

Nilza, a mãe de Sérgio, estava internada na Santa Casa desde o dia 18 de março e morreu na tarde deste sábado (10).

O pai Luiz Alberto Santos também estava internado na Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo, desde o último dia 18, mas foi transferido para Ourinhos no dia 8 de abril para fazer diálise, já que estava com as funções renais afetadas, morreu manhã do domingo (11).

Filho lamentou morte dos pais e irmão por Covid em Santa Cruz do Rio Pardo. Foto: Facebook/Reprodução

Sérgio era proprietário de uma corretora de seguros e deixou um filho criança e a esposa. Segundo a prefeitura, os dois também contraíram coronavírus, mas não precisaram ser hospitalizados e se recuperaram em casa.

Já Luiz Alberto trabalhou vários anos como bancário e depois montou uma loja de games na cidade. O casal foi sepultado na tarde do domingo no cemitério de Santa Cruz, e o filho foi enterrado no sábado (10). Não houve velório.

 

Amigos e parentes postaram homenagens para família que morreu de Covid em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: Facebook/Reprodução

 

Luiz Fernando Wiltemburg, lamentou a mortes dos pais e irmãos nas redes sociais, onde disse “Em um dia, eu perdi minha família e toda a referência de retidão, de honestidade, de humanidade, de justiça, de integridade, que forjaram meu caráter. Estou desolado, destruído”.

Comerciantes, moradores e parentes também publicaram mensagens de pesar e de conscientização sobre a prevenção do coronavírus.

“Cuidem-se. Fiquem em casa. Usem máscara sobre o nariz e a boca. Higienizem as mãos. Exijam a aceleração da vacinação”, escreveu o filho.

A prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo emitiu boletins sobre as mortes dos moradores e cancelou uma live de música que seria realizada no domingo (11) “em respeito às famílias enlutadas”.

(Com conteúdo G1)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.