sábado, 20 de julho de 2024

Prefeitura de Ourinhos volta a gastar dinheiro com propaganda

Publicado em 15 maio 2021 - 20:53:17

           

Das emissoras contratadas, quatro são de Ourinhos (Melodia FM, Itaipu FM, Divisa FM e Jovem Pan FM) e duas são de municípios vizinhos, como a Band FM de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e Nativa FM de Jacarezinho (PR)

 

Hernani Corrêa

 

A prefeitura de Ourinhos, após mais de 6 meses sem gastar dinheiro com propaganda nos veículos de comunicação da cidade, publicou no Diário Oficial desta sexta-feira, 14, sem fazer licitação, que deverá gastar mais de R$ 200 mil nos próximos três meses.

 

 

 

ANTES DA CAMPANHA – O órgão havia suspendido esses desperdícios com propaganda desde antes do período eleitoral no ano passado. Até ali, diversos veículos de comunicação como Rádios, Jornais, Portais, emissora de TV e outros veículos recebiam “generosas” verbas para não criticar a atual administração.

MAIS DE R$ 200 MIL – No Diário Oficial consta a Ratificação de Dispensa de Licitação nº 20/2021 para contratação emergencial de rádios difusoras para disseminação de informações da Prefeitura Municipal de Ourinhos no contexto da pandemia da Covid-19. O valor gasto com apenas seis rádios será de R$ 200.028,00 (duzentos mil e vinte e oito reais). Cada rádio em média receberá mais de R$ 30 mil, pelo período de três meses.

JUSTICATIVA – A justificativa para os gastos com as emissoras é a pandemia do novo coronavírus. Como fundamento jurídico, a Prefeitura cita a Medida Provisória 1.047, de maio de 2021, que dispõe sobre as medidas excepcionais para a aquisição de bens e a contratação de serviços, inclusive de engenharia, e insumos destinados ao enfrentamento da pandemia da covid-19.

EMISSORAS BENEFICIADAS – Das seis emissoras contratadas, quatro são de Ourinhos (Melodia FM, Itaipu FM, Divisa FM e Jovem Pan FM) e duas são de municípios vizinhos, como a Band FM de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e Nativa FM de Jacarezinho (PR).

No ano passado, a prefeitura de Ourinhos chegou a gastar mais de R$ 100 mil por mês nos diversos veículos de comunicação da cidade, segundo matérias publicadas pelo Negocião em levantamentos feitos junto às prestações de contas na Câmara Municipal.

 

 

 

 

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.