quarta, 17 de abril de 2024

Primeiro ginecologista de Ourinhos tem 53 anos de profissão e mais de 10 mil partos realizados

Foi neste município que Dr Fernando Diez Pérez construiu sua carreira, inovou na especialidade de ginecologia e obstetrícia e criou a família.

 

Da redação

 

Em 53 anos de atuação em medicina, comemorados neste 12 de dezembro de 2022, 10 mil partos realizados, Dr Fernando Arturo Diez Pérez Lesme carrega uma história fascinante vivida em Ourinhos, com muita dedicação e amor pela profissão, o que lhe rendeu em 2014, o título de Cidadão Ourinhense e em 2021 uma Moção de Congratulação.

Nascido no dia da paz, 7 de maio de 1945, data em que foi declarado o fim da 2ª Guerra Mundial, em Assumpção, no Paraguai, ainda jovem veio ao Brasil para realizar o sonho de ser médico.

 

O SONHO DE CRIANÇA – Desde criança Fernando tinha admiração por um tio que exercia a atividade médica. “Acompanhava-o no hospital, carregava sua maleta e contemplava tudo o que ele fazia, me identificava e ficava feliz com ele e com o ambiente do hospital. Eu sempre quis ser médico”, confirma.

Após conclusão do curso secundário, foi escolhido pela Missão Cultural Brasileira de Assumpção e enviado ao Brasil, recebido no Palácio do Itamaraty no Rio de Janeiro, em 1964, e encaminhado para o Ministério da Educação e Cultura, onde escolheu cursar Medicina pela Pontifícia Universidade Católica – PUC, em Curitiba.

 

VOCAÇÃO – No ano de 1969, formou-se médico e durante a graduação, através de um trabalho interno na Maternidade Nossa Senhora de Fátima, com 14 ginecologistas, Dr Fernando aprendeu a fazer partos e descobriu sua vocação.

Fez residência em Ginecologia e Obstetrícia na Faculdade de Medicina Federal do Paraná e, no último semestre, recebeu o convite para ser o primeiro ginecologista em Ourinhos. “Fui muito bem recebido quando cheguei à cidade, em 1971”, conta o doutor.

 

O INÍCIO – convidado a trabalhar no Hospital da Santa Casa de Ourinhos, trouxe de imediato o aparelho de colposcopia, inédito por aqui. Logo tratou de montar o primeiro centro de prevenção de câncer, realizou o primeiro parto sem dor, a primeira histerectomia vaginal e a primeira operação de Manchester.

Além da atuação no hospital e postos de saúde, montou um consultório com o nefrologista Dr. Roberto de Carvalho e o cardiologista Dr. Caio Mizubuti (em memória).

Em meio ao trabalho em Ourinhos, aprofundou seus conhecimentos com o 3º curso Tutorial de Reprodução Humana, curso de Ultrassonografia realizado na Faculdade de Medicina de Valência na Espanha, e pós-graduação em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina do ABC. Foi nomeado embaixador do setor sul de São Paulo perante o Congresso Latino Americano de Sexualidade Humana.

 

DIFICULDADES – Nos primórdios de sua atuação, Dr. Fernando se lembra de algumas dificuldades vividas, como a falta de equipamentos, de especialistas. “Sou de uma época em que os médicos faziam uma boa obstetrícia, sem aparelhos, sem equipamentos, através de procedimento de toque e medição, nós não víamos o bebê. Hoje, temos aparelhos cada vez melhores que permitem até ver o rosto da criança intra-útero, através de fotografias intrauterinas, isso é lindo”, conta.

Ele destaca que, em Ourinhos, não havia radiologia, nem muitos especialistas, como psiquiatra e endocrinologista. “Éramos poucos médicos com especialidade, mas tínhamos pessoas maravilhosas em cirurgia, ortopedia, clínica geral e cardiologia”, relata.

Lembra que frustrou-se quando foi chamado a fazer plantão na Santa Casa de Ourinhos, considerando que atendia como médico geral, enquanto gostaria de atuar em sua especialidade. Então, em 1972, através de concurso, obteve o título de especialista pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia e passou a atender exclusivamente na maternidade.

Em 52 anos de trabalho em Ourinhos, o Dr. Fernando Diez Pérez já realizou mais de 10 mil partos e teve participação na formação do Centro Materno Infantil na Santa Casa, que foi inaugurado no centenário da cidade.

 

FAMÍLIA – Ao lado da esposa, Karla Santos de Diez Pérez, Dr. Fernando criou uma bela família com os filhos Cynthia, Rachel, Frederico, Cristina e Liliana (em memória) e os netos Leonardo, Rodrigo, Murilo, Liz, Poliana, Gael Arturo, Otávio e Liv.

 

CASOS MEMORÁVEIS – Cheio de emoção, Dr Fernando compartilha alguns dos casos que marcaram sua carreira. “Nos anos 80, uma senhora levou ao consultório a neta, com a queixa de que tinha comportamento masculino. Durante o exame, percebi que a paciente tinha uma genitália dúbia, era um estado intersexual”, relembra.

Por opção da paciente, Fernando providenciou a mudança para o sexo masculino no Cartório e encaminhou para um centro especializado para a realização da cirurgia. Anos depois, reencontrou o rapaz, que o abraçou feliz e agradecido pela ajuda do médico,

Outro caso memorável foi a realização do parto de trigêmeos de uma gestante vinda de Piraju, que demandou uma equipe tripla com pediatras e berçaristas. “Anos depois, entraram três criancinhas no consultório. Foi muito emocionante”, recorda.

Também teve uma humilde paciente que batizou seus três filhos com o nome de Fernando, em homenagem ao médico responsável pelo parto bem sucedido das crianças.

Entre muitas outras histórias emocionantes, o médico mostra toda sua satisfação e amor pela profissão que desempenha há 52 anos. Como reconhecimento à dedicação do Dr Fernando com a saúde da população da cidade, no ano de 2014, foi contemplado com o título de Cidadão Ourinhense.

Em 2021, a vereadora Raquel Spada apresentou na Câmara uma Moção de Congratulações ao médico, que foi aprovada por unanimidade durante a 24ª Sessão Ordinária, em 2 de agosto.

Aos 77 anos de idade, Dr Fernando ainda atende consultas ginecológicas na Clínica Buratti (anteriormente chamada de Cima), e faz cirurgias, também ginecológicas, na Santa Casa e no Hospital Unimed. Não faz mais obstetrícia: pré natal, partos.

 

***A história de vida profissional do Dr Fernando faz parte da 3ª Edição do Livro Ourinhos 100 anos – Novas Histórias de Ouro, obra exclusiva do Jornal Negocião.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.