segunda, 17 de junho de 2024

Projeto Angra Doce realiza oitavo seminário nesta sexta em Piraju

Da redação

Aconteceu nesta sexta-feira, 23, no Centro de Convenções de Piraju, mais um Seminário Técnico do Projeto Angra Doce, uma iniciativa do deputado federal Capitão Augusto baseada em seu projeto de lei que cria na região que cerca a represa Chavantes uma “área especial de interesse turístico” nacional. O projeto tem fomentado diversas oportunidades para o desenvolvimento sócio econômico da região, que engloba 5 cidades do norte paranaense e 10 do sudoeste paulista. Nesta edição do seminário será dado ênfase a duas possibilidades para os municípios receberem recursos. No âmbito estadual, a transformação da cidade em Município de Interesse Turístico (MIT). No âmbito federal, o Programa de Regionalização do Turismo.

Capitão Augusto convidou para falar sobre as duas políticas públicas e também sobre como Brotas desde 1993 se tornou uma referência em turismo de aventura, seu ex-prefeito de 4 mandatos Du Barreto. Convidou também o deputado estadual João Caramez que abordará o tema dos MITs, por ter sido o deputado que idealizou e coordena as discussões sobre o assunto desde o início da década passada.

Em cada seminário diversos assuntos são tratados com o objetivo de discutir e propor ações que colaborem para que a região de Angra Doce se estruture de forma a se tornar um polo de atração turística, gerando renda e oportunidade para a população dos municípios participantes. “O turismo é a maior indústria geradora de emprego e renda do mundo, nós aqui em nossa região não temos condições de competir com grandes centros na atração de indústrias, mas temos um potencial turístico fantástico pouco explorado”, avalia Capitão Augusto.

O seminário contou com a participação de prefeitos, vereadores, empresários, profissionais e empresas ligadas ao trade turístico da região, e foi aberto a todos os interessados, com entrada franca. O início foi marcado para as 9h e o término para as 12h. Esta edição contou com o apoio da Prefeitura Municipal e da Câmara Municipal de Piraju.

De acordo com o ex-secretário municipal de Cultura de Ourinhos, Fernando Cavezale, que coordena as ações do Angra Doce na assessoria do deputado federal Capitão Augusto, vários municípios tanto do Paraná quanto de São Paulo que não entraram no projeto original, mas estão próximos do reservatório, solicitaram sua inclusão, o que deverá ser feito após o término da tramitação da lei no Congresso Nacional. O projeto do Capitão foi aprovado em todas as comissões da Câmara e se encontra atualmente no Senado Federal. “A expectativa é de que se transforme em lei ainda este ano, mas mesmo ainda como projeto já causou uma revolução nas expectativas regionais de desenvolvimento através do turismo”,  informa Cavezale.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.