sexta, 24 de maio de 2024

Secretaria de Saúde realiza reunião para tratar de assuntos sobre a Dengue

Da redação

Com o intuito de discutir novas diretrizes em relação à Dengue em Ourinhos e região, a Secretaria Municipal de Saúde realizou na manhã desta quarta-feira, 01, uma reunião, que contou com a presença do secretário municipal de saúde André Mello, secretário de serviços urbanos Edson Carnevale, agente da defesa civil Harald Sherf, da diretora regional da Sucen Regional – Marília Maria Tereza Macoris Andrighetti, da diretora do grupo de vigilância epidemiológica de Assis Gisele Gutierrez, diretora regional de vigilância sanitária – Assis Lúcia Tutui, representantes da Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, UPA, Hospital da Unimed, Atenção Básica, do Presidente do Conselho de Pastores, além de todo o corpo técnico da Vigilância Epidemiológica de Ourinhos.

“Nosso objetivo principal é traçar novos parâmetros no enfrentamento dessa doença. E durante as discussões foi possível esclarecer dúvidas, bem como nortear quais serão os próximos passos daqui pra frente”, explicou o secretário de saúde André Mello.  

Durante o encontro, foi informado que apesar do aumento do número de pessoas contaminadas, a infestação de mosquitos em Ourinhos tem diminuído com o passar dos anos.

“Desde quando iniciaram as medições, por volta da década de 80, Ourinhos apresenta hoje o menor índice de infestação da história. Nós reduzimos em 30 anos em nosso município o número de mosquitos, mas aumentamos a população suscetível ou com a doença que possibilitou a disseminação da dengue”, esclareceu o Secretário. 

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica Regional de Assis, o órgão trabalha atualmente com 25 municípios, dentre os quais 15 estão em estado de emergência, incluindo Ourinhos. Daí a importância a partir de agora de intensificar a atenção básica nos Postos de Saúde e demais locais de atendimento, e principalmente unir as forças junto da população, uma vez que, de nada adianta o órgão realizar ações de combate ao mosquito, sendo que o seu criadouro não foi eliminado.

Existe ainda uma proposta do Governo Estadual em disponibilizar médicos do exército para colaborar com os municípios. Segundo a Sucen, Ourinhos foi inserida na lista e aguarda os trâmites.

Durante a reunião o secretário de saúde André Mello lembrou que as pessoas contaminadas precisam evitar o contato com os demais e manter repouso. “É necessário que as pessoas contaminadas compreendam a necessidade de não circular pelas ruas, a fim de evitar a proliferação da doença. O repouso em casos de dengue também é considerado imprescindível para a total recuperação da pessoa”.

É válido ressaltar que a Secretaria Municipal de Saúde juntamente com a Vigilância Epidemiológica continua realizando as ações de combate aos criadouros do mosquito Aedes Aegypti. 

Todas as Unidades de Saúde do município também estão realizando atendimento aos casos suspeitos e confirmados de dengue, especialmente a UBSs da Vl. São Luiz e COHAB estão realizando plantão de segunda à sexta-feira até às 22h. Aos finais de semana a UBS da Vl. São Luiz tem atendido no período das 9h às 17h e neste feriado atenderá neste mesmo horário.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.