segunda, 27 de maio de 2024

Vereadora Roberta mostra indignação com projetos para votação em regime de urgência

Presidente da Câmara, Vereador Santiago De Lucas Ângelo, tratou de justificar o fato

 

Marcília Estefani

 

Na noite da segunda-feira, 28, após a 21ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Ourinhos, foi realizada a 4ª Sessão Extraordinária com a apresentação de 7 projetos de lei para votação em regime de urgência. O fato incomodou a Vereadora Roberta Stopa, do Mandato Coletivo Enfrente, que deixou clara sua indignação.

De acordo com a vereadora, no início da Sessão Ordinária os edis receberam os projetos de lei, a maioria sobre peças orçamentárias, que seriam votados após o término da Ordinária. A vereadora Roberta se pronunciou questionando o motivo dos projetos não estarem inclusos na pauta, e a forma como eles chegam em cima da hora, sem que os vereadores tenham tempo de ler, de analisar as justificativas.

 

Vereadora Roberta Stopa se diz agoniada com projetos “a toque de caixa”

 

“Eu não vou discutir os projetos, mas eu quero colocar pra você Senhor Presidente que essas sessões extraordinárias com esses projetos que chegam em cima da hora são angustiantes, desqualificam nosso trabalho aqui dentro desta casa e eu considero um desrespeito”, disse Roberta.

O Presidente Santiago de Lucas Ângelo, quis esclarecer a nobre colega, dizendo que os projetos apresentados já estão tramitando na Casa há algum tempo, já foram colocados em pauta, que a maioria já tem até parecer das comissões e que a vereadora já podia ter pedido os mesmos para análise.

Roberta Stopa não aceitou as justificativas do presidente e não esconde sua opinião. “Se eles já passaram pelas comissões e já tinham sido discutidos com o jurídico, então porque não entraram na ordem do dia, nós recebemos as pautas todas sempre as sextas-feiras, a gente tem o final de semana todo pra estudar todas as leis que entram, os requerimentos, indicações, e as possibilidades de urgência conforme cada justificativa de projeto, mas isso não aconteceu, é uma pena”, declara a vereadora.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.