sexta, 19 de abril de 2024

Casal é investigado por suposta tentativa de fraude em vendas de panelas no Jardim Ouro Verde

Vítima afirma que no ato do pagamento pela venda do produto, foi alegado falha de conexão da máquina de cartões e debitado valor maior do que o acordado

 

Da redação

 

Na manhã do domingo, 13/8, policiais do 31º Batalhão de Polícia Militar do Interior, tomaram conhecimento de ocorrência de estelionato no Jardim Ouro Verde em Ourinhos, onde um homem e uma mulher, supostamente lesaram um morador ao vender a eles um jogo de panelas.

Segundo informações da polícia, uma mulher de 25 anos e um jovem de 17 anos, estiveram em uma residência da Rua Porfírio Teodoro, Jardim Ouro Verde, utilizando um Fiat Pulse prata, com placas de Cajamar/SP, oferecendo a venda de panelas, relatando que estariam retornando de uma feira onde não venderam toda a mercadoria e estavam a caminho de Caxias do Sul/RS.

 

 

Os possíveis vendedores ofereceram aos moradores da casa um conjunto de panelas por 12 x de R$ 360,00 e durante negociação, aceitaram vender por 12 x R$ 100,00 totalizando R$ 1.200,00 para pagamento via cartão de crédito.

A vítima relatou que durante os pagamentos foram feitas duas tentativas, mas as máquinas de cartão utilizadas deram um erro de comunicação. Uma terceira máquina foi levada até o local por um indivíduo não identificado que dirigia um T-Cross chumbo, oportunidade em que foi sacramentada a compra no valor de R$ 1.200,00.

 

Porém, ao consultar seu extrato bancário, o homem verificou que todas as tentativas foram debitadas em seu cartão de crédito e optou por registrar o boletim de ocorrência.

Munidos com as informações e com a numeração da placa de identificação do automóvel que foi fornecido pela vítima, os policiais realizaram diligências que ocasionaram na abordagem dos suspeitos na Rua Miguel Cury por volta das 16h36 e conduzidos à Central de Polícia Judiciária, onde foi registrada ocorrência de natureza Estelionato.

 

 

A polícia investiga se os suspeitos realmente cometeram um crime de estelionato ou se as máquinas de cartão apresentaram defeito técnico ou intencional.

Para tanto, foram apreendidas as máquinas de cartão utilizadas na transação, celulares e outros produtos de utilidades domésticas sem notas fiscais que estavam em posse dos suspeitos, incluindo o veículo Fiat que está em nome de uma outra pessoa de Cajamar/SP. Os envolvidos foram ouvidos e liberados.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.