sábado, 13 de abril de 2024

Irmã da falecida é acusada de ter violado a sepultura mas nega o fato

A mulher nega a acusação e espera que a polícia descubra quem cometeu a atrocidade

 

Da redação

 

Na noite da segunda-feira, 27/2, após o caso da violação da sepultura de uma senhora de 65 anos ter circulado a internet e chocado toda a região, um áudio passou a circular em grupos de whatsapp acusando a irmã da vítima de ter cometido a violação.

 

 

Em entrevista ao repórter Doni Oliveira, da página de notícias IBTV, a mulher negou a acusação, afirmando que ‘jamais faria algo parecido com qualquer pessoa, muito menos com a irmã, espero que a polícia faça o trabalho dela e descubra quem fez isso’.

A Senhora Rosalina contou ainda que policiais estiveram em sua casa, o que chamou a atenção dos moradores.

Um vizinho teria feito áudio e soltou em grupos de WhatsApp a qual acusa Rosalina de ser autora do crime de violação de sepultura da própria irmã em Santa Cruz.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a autoria e as circunstâncias do vilipêndio de cadáver e segue a linha de investigação em sigilo. Ainda não há nenhum indício concreto que aponte para determinada pessoa que seja autora do crime.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.