fbpx

sexta, 24 de junho de 2022

Jovem é assaltado na Vila Soares por indivíduos armados em plena luz do dia

A vítima chegou a ser agredida com uma coronhada na cabeça e desmaiou

 

Da redação

 

Por volta das 13h25 da terça-feira, 7/6, um jovem de 18 anos foi assaltado na Vila Soares e teve seu celular roubado, além de ser agredido com uma coronhada na cabeça. Os assaltantes fugiram, mas foram localizados através das informações prestadas pela vítima.

Segundo boletim de ocorrência, o jovem caminhava pela rua Palmira Mathias Negrão, quando foi abordado por dois indivíduos que estavam em uma moto Honda Biz vermelha, sendo que o passageiro desembarcou e, em posse de uma arma preta, anunciou o assalto exigindo que o rapaz entregasse o celular e o dinheiro que tinha, um total de R$ 45,00.

Antes de fugir os bandidos atingiram a vítima com uma coronhada na cabeça. Depois do roubo o jovem procurou a polícia e passou as características do agressor, um rapaz com uma tatuagem no pescoço, magro, que trajava blusa azul escura e capacete fechado com viseira escura.

Diante das características os policiais saíram em diligências e por volta das 16h00, localizaram W.F.S.A. na Rua José de Campos, no Jardim Industrial, que caminhava assustado e estava em posse do celular roubado e R$ 45,00 em dinheiro.

Questionado, ele contou que o aparelho era de sua irmã, porém ao ser informado sobre o roubo, alegou que foi contratado por dois indivíduos, ZK e G., para desbloquear o aparelho tendo cobrado R$ 55,00 e que já havia gasto R$ 10,00.

Os policiais foram atrás dos indivíduos acusados por W.F., encontrando G. em um mercado na Rua Eduardo Peres. Indagado sobre os fatos, o rapaz negou sua participação no assalto e disse que os autores eram W. e ZK, e que viu os dois durante a tarde em uma moto Honda Biz de cor vermelha, alugada para praticar o roubo.

Próximo do mercado os policiais localizaram na calçada um capacete branco com detalhes em vermelho e azul, com viseira escura, como citou a vítima.

Diante dos fatos, os dois suspeitos e os objetos foram levados para a Central de Polícia Judiciária, onde a vítima reconheceu W. como o autor do roubo. G. não foi reconhecido e acabou sendo liberado. Já ZK, a moto e a arma não foram localizados.

W.F.S.A., 24 anos, o rapaz da tatuagem no pescoço, foi autuado em flagrante por roubo e conduzido para a cadeia pública de São Pedro do Turvo.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.