quarta, 17 de abril de 2024

Polícia atende ocorrência de agressão à mulher e descobre que pai abusava sexualmente da filha de 12 anos

Menina disse à polícia de Pongaí (SP) que era estuprada pelo pai desde os cinco anos. Ela também relatou que os abusos aconteciam quando a mãe não estava em casa

 

Da redação

 

Um homem foi preso suspeito de agredir a esposa e estuprar a filha de 12 anos. O caso foi registrado na noite de domingo (19), em Pongaí, no interior de São Paulo.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi até a residência da família após o suspeito, de 48 anos, usar uma faca para ameaçar a esposa.

No local, a equipe encontrou o homem com duas facas, uma maior nas mãos e outra menor nas costas. Após ordem policial, o suspeito deixou as facas ao lado da lavanderia da residência e foi contido.

O homem contou que ingeriu bebida alcoólica e que se desentendeu com a esposa por conta da filha. Já a esposa do suspeito relatou que pediu ajuda aos vizinhos após o marido mostrar um facão e duas facas.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, os policiais perceberam um comportamento anormal na filha do casal, que estava tremendo e chorando.

Minutos depois, a menina confessou que era estuprada pelo pai desde os cinco anos, sendo que, nas primeiras vezes, o homem usou um travesseiro para evitar que a vítima gritasse.

Ela também disse que a violência sexual se mantinha desde então, sempre que a mãe não estava na residência, e que não denunciou o pai por medo, pois era ameaçada de morte.

O homem foi preso em flagrante e levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Lins (SP). Mensagens nas quais o pai chama a filha para ter relações sexuais antes do retorno da esposa foram apreendidas.

(Fonte: g1)

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.