quinta, 18 de abril de 2024

Polícia Militar elucida tentativa de homicídio em Ourinhos

Ocorrência foi registrada na madrugada da sexta-feira, 21/4, autor estava foragido

 

Da redação

Na segunda-feira, 24/4, policiais do 31º Batalhão de Polícia Militar do Interior, prenderam um homem acusado de ser o autor de uma tentativa de homicídio em Ourinhos, ocorrida na madrugada da sexta-feira, 21/4, em frente a uma casa noturna na Rua Euclides da Cunha, no centro da cidade.

A equipe de Força Tática, em cumprimento a Operação Impacto, realizava patrulhamento quando recebeu informações de que um homem, possível autor da tentativa de homicídio, estaria na Rua dos Expedicionários. No local indicado o suspeito foi imediatamente detido e submetido à busca pessoal.

Questionado sobre os fatos, ele confirmou que após desentendimento ainda no estabelecimento, teria saído do local com a intenção de ir embora, porém, foi interceptado por um indivíduo que passou a provocá-lo, inclusive, descendo do carro com a mão sob a camisa, fazendo menção de estar armado.

Neste momento, na tentativa de se defender, desembarcou de seu veículo portando uma garrucha com a qual efetuou dois disparos que acertaram o pescoço do homem. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Investigações Gerais de Ourinhos, onde permaneceu detido.

ENTENDA O CASO – Na madrugada da sexta-feira, um rapaz de 24 anos, identificado por M.L.M., morador de Marques dos Reis/PR, foi atingido no pescoço por um disparo de arma de fogo, após deixar uma casa noturna na Rua Antonio Carlos Mori.

A vítima estava no estabelecimento com um casal de amigos, e por volta das 3h30, quando deixaram o local, já na rua foi alvejado por um tiro, desferido por um indivíduo desconhecido que estava em um veículo Citroen azul, que fugiu logo após fazer os disparos.

Após ser atingido, o casal de amigos levou a vítima até a UPA de Ourinhos, onde foi socorrido e transferido para a Santa Casa. No hospital ele passou por um procedimento para retirada do projétil. O jovem está fora de perigo segundo informações apuradas junto a familiares.

A Guarda Civil Municipal esteve na UPA e acompanhou as testemunhas até a Central de Polícia Judiciária para o registro do boletim de ocorrência.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.