segunda, 15 de abril de 2024

PRF registra várias ocorrências em final de semana movimentado na região de Ourinhos

Na região de Ourinhos, mercadorias falsificadas foram apreendidas, além de drogas, armas, e uma embriaguez ao volante

 

Marcília Estefani

 

Uma equipe da PRF, durante deslocamento na região de Ourinhos, pela rodovia Melo Peixoto, por volta das 23h30 do sábado, 28/10, se deparou com um ônibus que foi parado para vistoria no Km 379 da SP 278.

Após ser abordado e questionado, o motorista informou que não transportava passageiros, porém o ônibus estava carregado com mercadorias que tinham como destino o bairro do Brás, na capital de São Paulo, região que possui tradição em comércio de vestuário, conhecido nacionalmente.

 

 

No ônibus haviam dois motoristas que se revezavam durante a viagem e que informaram ser funcionários de uma empresa de turismo de Apucarana-PR, onde iniciaram a viagem com destino a cidade de São Paulo.

Durante a vistoria, foi constatado grande quantidade de vestuário, como camisas e bonés, tanto no bagageiro como no compartimento de passageiros, o qual estava sem os bancos para que coubesse toda a mercadoria transportada, que não possuía nenhum documento fiscal.

 

 

Ao ser verificada a mercadoria, por amostragem, foi possível identificar que os produtos possuíam marcas conhecidas e que possivelmente se tratavam de falsificações. Desta forma, o veículo, seus motoristas e toda mercadoria foram apresentadas na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, onde foi determinado pela autoridade policial a apreensão do ônibus com as mercadorias para posterior contagem e apreciação da Polícia Científica.

O veículo foi lacrado e encaminhado ao depósito, sendo registrada a ocorrência como: importar, exportar, vender, oferecer, expor à venda, ter em estoque produto assinalado com marca ilicitamente reproduzida – Art. 190 da Lei 9.279/1996 (Propriedade Industrial), bem como transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal – Art. 2 da Lei  8.137/1990 (Ordem Tributária), tendo sido liberados os motoristas após suas qualificações.

 

DROGAS E ARMA SÃO APREENDIDAS PELA PRF, EM DUAS OCORRÊNCIAS, NUM MESMO ÔNIBUS”

Equipes da PRF, durante fiscalização de trânsito e combate ao crime, no Km 345, da BR-153, defronte a Unidade Operacional da PRF em Ourinhos, realizaram a prisão de duas pessoas transportando drogas e arma na tarde Do sábado, às 16h00.

Durante a fiscalização de um ônibus, que seguia de Maringá-PR com destino à Capital de São Paulo, os policiais localizaram no interior da bagagem de mão de uma passageira de 36 anos, uma pistola semiautomática de fabricação Tcheca carregada, um total de 136 munições calibre .380 e 3 tabletes de substância análoga a maconha. Ao ser questionada, informou ser de São Paulo e que apenas foi contratada para buscar a droga e a arma em Londrina-PR, não informando para quem seria entregue.

 

 

Coincidentemente, na bagagem de mão do passageiro que viajava ao lado, também foram encontrados três pacotes transparentes contendo substância análoga a maconha, sendo informado pelo passageiro, de 21 anos, que havia sido contratado para levar a droga também para São Paulo, no entanto, embarcou em Maringá-PR.

Apesar de estarem viajando um ao lado do outro, ambos alegaram que não se conheciam e que não havia relação alguma os entorpecentes que estavam levando. Diante do constatado, ambos foram autuados em flagrante na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos.

 

UM HOMEM FOI PRESO POR DIRIGIR EMBRIAGADO NA BR 153.

Na tarde deste sábado (29), a PRF prendeu um homem de 38 anos por ter sido flagrado dirigindo com a concentração alcoólica três vezes maior do que o permitido. O flagrante ocorreu no km 34 da BR 153, em Nova Granada-SP.

A equipe da PRF fiscalizava na praça de pedágio, quando o condutor de um Fiat/Uno saiu arrancando em alta velocidade, logo após passar pela cabine de cobrança.

 

 

A atitude chamou a atenção dos policiais, que decidiram abordá-lo. Contudo, o homem desobedeceu aos sinais de sirene e deu origem a uma perseguição por dois quilômetros, quando ele finalmente foi interceptado.

Durante o trajeto, o homem dirigiu em ziguezague, colocando em risco a vida da esposa, do irmão, e dos outros veículos que passavam pela rodovia.

Ao ser abordado, ele exalava forte odor de bebida alcoólica, além de apresentar-se visivelmente embriagado.

O teste do bafômetro apontou a concentração de 0,90 miligramas de álcool por litro de ar, quase três vezes maior do que o mínimo para configurar crime, que é de 0,34 mg/l.

O homem foi conduzido à delegacia de polícia de Nova Granada, onde deverá responder pelo crime de embriaguez ao volante.

Além da embriaguez, o homem também estava com a habilitação vencida desde 2015. O veículo foi recolhido ao pátio da PRF.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.