quinta, 23 de maio de 2024

Três pessoas da mesma família são presas por envolvimento com o tráfico de drogas na noite do domingo, 28/8

Pai e filho foram encaminhados à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo. A mulher ficou em uma cela na CPJ, todos aguardando audiência de custódia

 

Da redação

 

Na noite do domingo, 28 de agosto, a Polícia Militar prendeu três pessoas da mesma família, moradores do Jardim São Francisco, acusados de tráfico de drogas. Pai, amásia e filho foram detidos em posse de maconha, cocaína, dinheiro e balança de precisão escondidos dentro de um sofá.

Os policiais militares relataram que estavam em patrulhamento quando receberam informações de que um indivíduo, D.H.D.P., 26 anos, já conhecido por seu envolvimento com o tráfico havia recebido uma quantidade considerável de drogas para distribuição no bairro Orlando Quagliato.

Imediatamente a equipe se dirigiu ao bairro indicado, e próximo da casa do acusado, o avistaram junto de sua esposa caminhando a pé, sendo que ao perceber a aproximação da viatura, ele desviou o olhar e mudou seu trajeto, momento em que foi detido e revistado, mas nada de ilícito foi encontrado em seu poder.

O rapaz foi informado da denúncia que havia sobre sua pessoa, mas negou que teria droga em sua casa, inclusive convidando os policiais para vistoriar o imóvel. Na casa, os militares foram recebidos pela sogra do suspeito, que também negou que o genro estivesse envolvido com o tráfico.

Durantes buscas no imóvel, nada foi encontrado. Porém um dos policiais percebeu que havia outra casa nos fundos, no mesmo quintal, sendo informado que no local morava o pai de D., e sua amásia.

Os policiais questionaram a mulher, J.C.S.R., 30 anos, sobre a possibilidade de D. ter guardado algo por ali, e a princípio a mulher negou, porém diante a possibilidade dos policiais vistoriarem o local, ela pediu para chamar o amásio, J.H.P, 48 anos, pai de D. Ao ser indagado sobre haver algo de ilícito em sua residência, o homem, nervoso, pediu para a mulher “entregar tudo”.

No interior do imóvel, dentro do encosto do sofá, havia escondido uma sacola amarrada contendo em seu interior vários tijolos de maconha, uma balança de precisão, uma porção de cocaína, e R$ 1.000,00 em dinheiro. D. ainda negou que a droga seria sua, mas ao ver que o pai seria preso, assumiu a propriedade de tudo.

O pai de D. confessou que guardava os entorpecentes para o filho e que recebia R$ 40,00 por dia. A mulher afirmou ser usuária e disse que ganhava R$ 10,00 por dia para guardar os objetos e drogas.

Diante dos fatos, os três foram apresentados na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, (CPJ), onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e Associação ao Tráfico.

Pai e filho foram encaminhados à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo e a mulher ficou em uma cela na CPJ, todos aguardando audiência de custódia.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.