sábado, 20 de abril de 2024

Projeto “Ourinhos Musical” retoma apresentações na Casa dos Ingleses neste domingo (06/11)

Com entusiasmo e confiantes no sucesso de público e nos propósitos de um movimento independente e gratuito, o projeto espera reunir mais músicos ainda que se identificam com a proposta musical não comercial

 

José Luiz Martins

 

 

Como incentivo à produção da música classificada como não-comercial em Ourinhos e região, em novembro de 2021, professores e alunos da Escola Municipal de Música (EMM) iniciaram um movimento musical independente, para que artistas, docentes e alunos da EMM pudessem se encontrar e apresentar seus trabalhos dentro desse conceito artístico musical.

Projeto teve início em novembro de 2021

Mobilizados em torno desse movimento os idealizadores realizaram uma série de apresentações ao longo de 2021 abertas ao público nas tardes de domingo no espaço ao ar livre da Casa dos Ingleses, atual sede da Secretaria de Cultura, na Avenida Rodrigues Alves.

O evento musical foi sucesso e proporcionou encontros entre sonoridades, bagagens, repertórios e ideias comuns dos participantes direcionadas a produção de música de qualidade fora do padrão da música de consumo veiculada de forma predominante pelas rádios, TVs e internet. Porém, segundo seus organizadores, manter a realização de eventos como esse de forma gratuita traz custos e necessita de apoios além do financeiro e o movimento não teve sequência.

O evento musical foi sucesso e proporcionou encontros entre sonoridades, bagagens, repertórios e ideias comuns dos participantes

 

No entanto, a ideia e objetivos continuaram vivos e muitos apreciadores continuaram a incentivar para que o movimento retornasse. Assim, professores, alunos, amigos e amantes da boa música decidiram juntos, retomar os encontros, que, com muita alegria acontecerá no próximo domingo, dia 06 de novembro (e todo primeiro domingo do mês) das 18h às 21h no mesmo local.

Com entusiasmo e confiantes no sucesso de público e nos propósitos de um movimento independente e gratuito, o projeto espera reunir mais músicos ainda que se identificam com a proposta musical não comercial, que queiram participar das apresentações tocando gêneros, como o Jazz, Blues, Chorinho, Música Regional, Música Instrumental Brasileira, Música Latina, entre outros.

Talvez muitos ourinhenses não saibam, mas, Ourinhos promove muitas atividades culturais gratuitas de Artes Cênicas, Cinema, Dança, Literatura e Música atraindo artistas, estudantes de arte e expectadores em geral da região, cidades vizinhas e várias outras mais distantes.

Em se tratando especificamente de música, é bom saber que a Escola Municipal de Música, criada nos anos 90, já formou músicos de renome no meio musical profissional. O ensino musical em Ourinhos é ministrado por professores de grande relevância e respeito no cenário musical brasileiro.

Há tempos, não só em Ourinhos, mas em todo país, proporcionar, ampliar o fazer e a audiência da música não comercial é uma tarefa difícil diante da constante dominação do processo de comercialização de atividades culturais exercido pela mídia em geral.

No Brasil o poder dos meios de comunicação torna as artes, em especial a música, em uma mera mercadoria descartável que muito se distancia de produção e conceitos de qualidade, introduzindo mais e mais pessoas no sistema de consumo aprofundando a condição alienante. E assim a população tem raras oportunidades de apreciar os trabalhos de grandes músicos, que, inclusive, habitam nossa cidade.

A realização dos eventos não teve sequência devido aos custos e necessidade de apoios além do financeiro

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.