domingo, 14 de abril de 2024

Setor de Recursos Humanos da Santa Casa lança o projeto “Sentir para deixar ir”

Da redação

 

Setembro é o mês da campanha mundial voltada para os cuidados com a saúde mental. E neste ano, o Setembro Amarelo no complexo hospitalar da Santa Casa de Ourinhos está sendo realizado com o objetivo de incentivar os colaboradores a falarem sobre seus sentimentos.

Capitaneado pelo Setor de Recursos Humanos, a Santa Casa lança o Projeto Sentir para deixar ir. “Todos anos pensamos em dar um toque diferente na campanha Setembro Amarelo e o caminho que tomamos em 2022 é o de incentivar o sentir, o falar sobre os sentimentos como forma de aliviar o que sentimos”, explica o Coordenador de RH, Andrei Moraes.

Acolher, validar e expressar os sentimentos são as ações que estão sendo incentivadas entre os colaboradores. “Principalmente nos ambientes de trabalho, percebemos que boa parte do sofrimento mental vem da sensação do excesso, de um esgotamento que vai para além do físico e que em muito está relacionado a tudo que não expressamos, por medo, por vergonha ou porque fomos ensinados que sentir é fraqueza”.

Foram instalados murais no Hospital Geral, Ambulatório de Especialidades e na UPA. “Nossa campanha vai justamente incentivar o acolher desses sentimentos e a expressão deles como forma de autocuidado. Independente de “bons” ou “maus”, precisamos senti-los para tirar a força desses sentimentos e aprender uma forma para que eles não mais nos controlem. É o sentir para deixar ir”, explica Andrei.

Os murais foram decorados com girassóis e trazem mensagens de esperança. “O alívio dessa carga emocional pode mudar a direção dos nossos pensamentos e ações, por isso, nosso tema esse ano é a Esperança. Acreditamos que uma mensagem de que sempre há esperança, mesmo quando nos vemos sem saída, é a melhor forma de dar suporte a quem precisa e representar o ideal do Setembro Amarelo. Então, pensamos nos girassóis, que trazem a cor amarela e sua simbologia da busca pelo sol, a busca por dias melhores. Mesmo voltando-se ao chão durante as noites, todos os dias se voltam ao Sol novamente”.

Andrei, a auxiliar de RH Raiane e os estagiários do setor desenvolveram o projeto para que os colaboradores fossem efetivamente chamados a parar, sentir refletir. “Assim, instalamos jardineiras com girassóis e frases que incentivam todos os tipos de sentir em nossos murais. O intuito é que nossos colaboradores pudessem ler, pegar para si ou presentear um colega de trabalho com uma das flores e, com isso, ajudar a levar a mensagem e o carinho para toda empresa”, finalizou o coordenador.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.