sábado, 15 de junho de 2024

Governo do Estado libera R$ 2,3 milhões para municípios da região de Bauru

Verba foi destinada a nove municípios para obras de infraestrutura urbana, aquisição de veículos e equipamentos

 

O Governador João Doria e o Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, assinaram nesta quinta-feira (15), em Bauru, convênios que somam R$ 2,3 milhões para nove municípios realizarem obras de infraestrutura urbana.

“Estamos adotando o municipalismo como um princípio básico de ação descentralizada, regionalizada, por isso criamos a Secretaria de Desenvolvimento Regional, ainda que tenhamos diminuído o número de secretarias, de 25 para 20”, disse o Governador.

As cidades contempladas são: Lençóis Paulista (R$ 200 mil), Paulistânia (R$ 300 mil), Reginópolis (R$ 150 mil), Balbinos (R$ 300 mil), Avaí (R$ 300 mil), Uru (R$ 400 mil), Guarantã (R$ 300 mil), Mineiros do Tietê (R$ 300 mil) e Boracéia (R$ 100 mil).

SP + Perto

 Além da liberação dos recursos, foi confirmada a instalação da primeira unidade do SP + Perto, no primeiro semestre de 2020, em Bauru. O SP + Perto será um escritório, uma espécie de  “Poupatempo das Secretarias”, com canal direto com as sedes na Capital para facilitar a interlocução dos municípios com o Governo do Estado.

“Mais de 300 repartições públicas, prédios antigos, funções que não são mais necessárias serão transformados em 15 escritórios regionais, com eficiência, tecnologia e, sobretudo, que possibilitarão mais investimentos aos municípios do interior do Estado de São Paulo”, afirmou Vinholi.

As unidades serão destinadas ao atendimento da população, dos gestores públicos e empreendedores de todas as 15 regiões do Estado.

“Um Governo municipalista, que passa para um novo estágio do municipalismo no Estado de São Paulo, o municipalismo 4.0. Que, além de tratar de forma republicana, com respeito e profissionalismo os prefeitos, agora agrega tecnologia e eficiência nesse trato”, explicou Vinholi sobre o novo programa SP Sem Papel, que prevê menos burocracia e mais agilidade nos trâmites de documentos de maneira virtual.

Redução de custos com locação de imóveis, controle dos serviços, maior agilidade e redução de burocracia com simplificação dos processos são alguns dos pontos vantajosos da iniciativa do Governo. Após Bauru, virão as unidades de São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Presidente Prudente.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.